Recorda-se do menino que fumava 40 cigarros por dia? Veja como está

Aos dois anos, Ardi Rizal fumava 40 cigarros por dia. Dez anos depois, o menino volta a aparecer em televisão e mostra como está.

Recorda-se do menino que fumava 40 cigarros por dia? Veja como está

Aos dois anos, Ardi Rizal fumava 40 cigarros por dia. Dez anos depois, o menino volta a aparecer em televisão e mostra como está.

Ardi Rizal ficou conhecido mundialmente ao dois anos por fumar 40 cigarros por dia. Dez anos depois, o menino, que vive na Indonésia, foi um dos convidados do programa Domingo Show, da Record TV e mostrou estar diferente.

Seis anos depois de ter largado o vício do tabaco, a produção do formato trouxe Ardi ao Brasil para fazer exames respiratórios. «Os pulmões estão limpos. Não tem nenhum problema como cancro ou enfisema pulmonar», afirmou o médico António Sproesser, do hospital Moriah, em São Paulo.

Veja o vídeo

 

Depois de ter deixado de fumar, Ardi desenvolveu uma compulsão alimentar, que o levava a consumir alimentos gordurosos. Após uma reeducação alimentar, o menino, de 11 anos, leva agora uma vida saudável e tornou-se um dos melhores alunos da sua escola.

«Precisava de um cigarro à noite»

O vício começou porque o menino, curioso, apanhava as pontas dos cigarros deixadas no chão perto da mercearia da mãe depois de ver pessoas com o produto na boca. Aos poucos, as pessoas que por aí passavam eram interpeladas pelo menino para poder fumar. Caso contrário, enlouquecia, descreve o jornal britânico Mirror.

“O meu filho está habituado a fumar enquanto toma café e come bolo. Ele fuma todos os dias há cerca de dois meses. Se eu não lhe der um cigarro, fica furioso.  Ele gostava de fumar enquanto bebia café e precisava de um cigarro para dormir à noite”, descreveu a progenitora.

A mãe do menino, Maryati, de 35 anos, admitiu que teve de comprar cigarros para acalmar o filho. Mas o vício acabou.

No entanto, dado à atenção mediática que este caso mereceu na região, representantes do governo e alguns médicos visitaram a família do menino. Ambos, em conjunto com a autarquia, ofereceram várias caixas de bolachas e leite para todo o ano. Para manter o menino ocupado e abstrair-se do vício, este recebeu brinquedos e estão a procurar um desporto que possa praticar.

Já a mãe recebeu formação sobre os perigos de fumar bem como foi obrigada a mostrar ao filho várias imagens e gráficos sobre as doenças causadas pelos cigarros quando este eventualmente lhe pedir um.

LEIA MAIS

Incêndio em Tabuaço, no distrito de Viseu, continua ativo

ALERTA | Pelo menos 24 mortos em incêndio num estúdio de animação no Japão

Previsão do tempo para sexta-feira, 19 de julho

 

Impala Instagram


RELACIONADOS