Mãe negacionista foge com filha menor para não ser vacinada. Pai chama polícia à escola

Paula Fatri e a filha Vera, de 12 anos, andam a viver de casa em casa, desde 16 de agosto, para não serem descobertas pelo pai da menina. Tudo porque a mãe é negacionista e não quer que a menor seja vacinada contra a covid-19.

Mãe negacionista foge com filha menor para não ser vacinada. Pai chama polícia à escola

Mãe negacionista foge com filha menor para não ser vacinada. Pai chama polícia à escola

Paula Fatri e a filha Vera, de 12 anos, andam a viver de casa em casa, desde 16 de agosto, para não serem descobertas pelo pai da menina. Tudo porque a mãe é negacionista e não quer que a menor seja vacinada contra a covid-19.

Paula Fatri e a filha Vera, de 12 anos, andam a viver de casa em casa, desde 16 de agosto, para não serem descobertas pelo pai da menina. Tudo porque a mãe é negacionista e não quer que a menor seja vacinada contra a covid-19.

Segundo o Correio da Manhã, o pai foi ao encontro da filha no primeiro dia de aulas, exigindo a entrega imediata da menina através de um requerimento que tem como objetivo salvaguardar a segurança e equilíbrio emocional da filha.

Pai chamou polícia à entrada da escola

No documento, o pai da menor diz que a mãe planeou a fuga com o “objetivo de simplesmente subtrair a menor ao convívio do pai”. Ao requerimento, anexou fotografias da ex-mulher e da menor numa manifestação, em frente à Assembleia da República, contra a vacinação.

À entrada da escola, Vera terá dito ao pai que estava tudo bem com a mãe. O pai, que alega que não via a menina desde final de julho, foi à escola acompanhado do irmão e do advogado e chamou a PSP para reaver a filha, de quem tem guarda partilhada.

O homem alega que não tentou impor a vacinação à filha, mas um e-mail a que o Correio da Manhã teve acesso, revela o contrário. “A minha filha vai ser vacinada, prefiro o quase nulo risco da vacina do que o risco de contrair o vírus. Vá-se armar em negacionista no raio que a parta”, pode ler-se.

Em declarações à publicação, a mãe diz que o pai falou várias vezes com a filha através de telefone, em agosto e acusa-o de a ter ameaçado. O caso está entregue à justiça.

 

 

Impala Instagram


RELACIONADOS