Mãe do homem que matou pai e irmã já previa crime

O historial de violência da família já era conhecido e a mãe de Xavier e de Sílvia já tinha avisado o ex-marido de que algo de grave poderia acontecer.

Mãe do homem que matou pai e irmã já previa crime

Mãe do homem que matou pai e irmã já previa crime

O historial de violência da família já era conhecido e a mãe de Xavier e de Sílvia já tinha avisado o ex-marido de que algo de grave poderia acontecer.

Xavier Damião, de 28 anos, matou o pai e a irmã – José, de 63, e Sílvia, de 37, grávida de quatro meses. O crime que estáa chocar o país foi cometido ao final da noite de sexta-feira.

O historial de violência da família já era conhecido e a mãe de Xavier e de Sílvia já tinha avisado o ex-marido de que algo de grave poderia acontecer.

Mais uma discussão sobre o seu problema de toxicodependência levou-o a agarrar em três facas usadas na peixaria da família e a assassinar a família dentro de um apartamento em Santa Cruz, Torres Vedras. Pelas 11h25 do dia seguinte os bombeiros descobriram o cenário de horror, uma vez José não apareceu no trabalho e soou o alerta.

Em entrevista à SIC, a mãe do suposto homicida mostrou-se em choque. “Aquilo que ele fez é uma coisa horrível”, disse, revelando que logo após o crime “tinha muita raiva dele”.

Maria do Rosário Silva, mãe de Xavier Damião, chegou a permitir que o filho vivesse em sua casa, mas por causa das drogas foi agredida e Xavier acabou por voltar para casa do pai.

A mulher já tinha avisado a família de que poderiam ser mortos por Xavier, mas a filha, grávida, quis ficar junto ao pai.

“O meu filho já tinha atingido o pai com dois socos, não era só de agora”, disse, revelando ainda que “Xavier chegou a ser diagnosticado com esquizofrenia” e esteve no Júlio de Matos.

Xavier Damião foi apanhado em Almada e entregue à Polícia Judiciária, que investiga o crime. Foi presente ao Tribunal de Torres Vedras hoje de manhã.

LEIA MAIS PSP esfaqueado por namorar filha menor de agressor

 

Impala Instagram


RELACIONADOS