Líder da oposição são-tomense espera processo

Líder da oposição são-tomense espera processo “livre e crediível” nas eleições deste domingo

O líder da oposição em São Tomé e Príncipe e candidato a primeiro-ministro Jorge Bom Jesus (MLSTP-PSD) disse hoje esperar que as eleições deste domingo sejam “livres, transparentes e credíveis” e afirmou-se “altamente confiante nos resultados”.

“A campanha decorreu num clima de muito civismo e maturidade política do nosso povo. Mais uma vez, estamos a dar uma lição de democracia, que já tem 28 anos de rodagem, e espero que hoje as coisas decorram com a maior lisura possível e que estas eleições sejam de facto livres, transparentes e credíveis”, afirmou Jorge Bom Jesus, presidente do Movimento de Libertação de São Tomé e Príncipe – Partido Social Democrata (MLSTP-PSD), momentos depois de votar para as eleições legislativas e autárquicas de hoje, cerca das 09:20 (mesma hora em Lisboa), na escola 1.º de Junho, nos arredores da capital são-tomense.

O candidato afirmou-se “altamente confiante nos resultados”.

“Nós sentimos, nós pressentimos que esta população, amordaçada há quatro anos, está cansada e quer virar de página o mais rapidamente possível”, disse.

“Acredito que hoje, nas primeiras horas, teremos a confirmação daquilo que são as expetativas desta votação e que a partir do dia 08 vejamos o país numa outra perspetiva, e aí teremos desde logo de começar a arregaçar as mangas, com todos, sem exceção nenhuma”, comentou.

Bom Jesus repudiou ainda críticas do líder da Ação Democrática Independente (ADI) e primeiro-ministro cessante, Patrice Trovoada.

JH // MP

By Impala News / Lusa

Siga a Impala no Instagram

Impala Instagram


RELACIONADOS

Líder da oposição são-tomense espera processo “livre e crediível” nas eleições deste domingo

O líder da oposição em São Tomé e Príncipe e candidato a primeiro-ministro Jorge Bom Jesus (MLSTP-PSD) disse hoje esperar que as eleições deste domingo sejam “livres, transparentes e credíveis” e afirmou-se “altamente confiante nos resultados”.