Menino com lápis no ouvido foi ao Hospital S. José, mas foi mandado para casa

Esta situação ocorreu há dois anos, em outubro de 2016, mas só agora é que foi divulgado.

Menino com lápis no ouvido foi ao Hospital S. José, mas foi mandado para casa

Menino com lápis no ouvido foi ao Hospital S. José, mas foi mandado para casa

Esta situação ocorreu há dois anos, em outubro de 2016, mas só agora é que foi divulgado.

Uma criança  foi levada para urgências do hospital de S. José, em Lisboa, pois tinha um lápis enfiado num ouvido. A médica de otorrinolaringologista desse mesmo serviço do Centro Hospitalar Lisboa Central deu alta pouco depois de ser consultado pois o menino tinha de se dirigir ao centro de saúde da área de residência para pedir uma consulta da especialidade no hospital.

Para espanto da mãe do menino, a própria decidiu encaminhar o filho para um hospital privado, onde foi prontamente submetido a uma cirurgia. A Entidade Reguladora da Saúde (ERS) foi quem divulgou o caso esta quarta-feira. Citado pelo Jornal de Notícias, o hospital de S. José admitiu o erro, mas foi advertido.

LEIA MAIS: Hospitais estão a exigir pagamento de taxas moderadoras em cirurgias que não deviam

Impala Instagram


RELACIONADOS