Kickboxer negacionista morre após contrair covid-19

Fred Sinistra, ex-campeão mundial de kickboxing, não estava vacinado e apelidava a doença de “pequeno vírus”

Kickboxer negacionista morre após contrair covid-19

Fred Sinistra, ex-campeão mundial de kickboxing, não estava vacinado e apelidava a doença de “pequeno vírus”

O belga Fred Sinistra, ex-tricampeão mundial de kickboxing e negacionista da covid-19, morreu no início do mês de dezembro por complicações derivadas do novo coronavírus. O atleta, de 41 anos, conhecido como Frederic ‘The Undertaker’ Sinistra, não estava vacinado e recusava mesmo dizer o nome da doença, apelidando-a de “pequeno vírus”, segundo o seu treinador, Osman Yigin, em declarações ao jornal belga SudInfo.

Sinistra abandonou os cuidados hospitalares por vontade própria

O kickboxer foi admitido no hospital no final de novembro, após um ultimato de Yigin, que ameaçou deixá-lo se não procurasse tratamento. Durante o internamento, postou vários vídeos na cama do hospital, entubado e com dificuldades em respirar. Apesar disso, Sinistra abandonou os cuidados hospitalares por vontade própria, optando por se tratar com oxigénio na sua casa, em Liège. A 13 de dezembro, o atleta publicou um vídeo de agradecimento por todo o apoio que estava a receber. “Vou voltar mil vezes mais forte”, vaticinou. Três dias depois, morreu. De acordo com a revista VICE, Fred Sinistra acreditava que a sua “jovem” idade e condição física seriam suficientes para o proteger do coronavírus.

LEIA AGORA
Novas regras. Vacinados à covid-19 que coabitem com infetados são contactos de alto risco

Impala Instagram


RELACIONADOS