Jovem de 18 anos morre ao lado da irmã gémea em acidente de autocarro em Portalegre

João Nuno Fiadeiro foi a única vítima mortal do despiste de um autocarro com 48 jovens finalistas, em Nisa, Portalegre

João Nuno Fiadeiro e a irmã gémea Margarida estavam a voltar da viagem de finalistas em Espanha, quando o autocarro onde regressavam despistou-se por volta das 18h do passado domingo, dia 8 de abril, no Itinerário Principal 2 (IP2), entre o nó de Arez e a Barragem de Fratel, concelho de Nisa, distrito de Portalegre.

João Nuno de 18 anos foi a única vítima mortal do incidente. O autocarro transportava, além do motorista, 48 passageiros, sobretudo jovens entre os 18 e os 23 anos provenientes da Covilhã e de Belmonte.

De acordo com o Correio da Manhã, o jovem morreu perto da irmã gémea. Três outros estudantes ficaram gravemente feridos, 24 jovens foram considerados feridos ligeiros e 21 passageiros foram apenas assistidos no local pelas equipas de socorro.

Apesar de o INEM e os bombeiros terem chegado momentos após o acidente, o adolescente residente em Tortosendo, na Covilhã, acabou por morrer no local.

Despiste em Nisa ocorreu com «condições adversas» em zona perigosa

O despiste do autocarro ocorreu pelas 17:56 de domingo no Itinerário Principal 2 (IP2), entre o nó de Arez e a Barragem de Fratel, concelho de Nisa, distrito de Portalegre, e provocou um morto e mais de 30 feridos ligeiros. O despiste aconteceu devido a «condições adversas» numa zona com «muita sinistralidade», segundo a Proteção Civil.

«Com condições adversas, com muita chuva», o autocarro despistou-se e fez um capotamento lateral, descreveu Rui Conchinha.

O autocarro transportava, além do motorista, 48 passageiros, sobretudo jovens entre os 18 e os 23 anos provenientes da Covilhã e de Belmonte, que estavam a regressar de uma viagem de finalistas do ensino secundário a Espanha, segundo fontes da Proteção Civil e da GNR.

Os restantes 15 ocupantes «foram transportados para Nisa para serem acolhidos pelo Serviço Municipal de Proteção Civil e foram deslocados em autocarro» precisou Rui Conchinha, o comandante distrital de operações de socorro de Portalegre.

VEJA AINDA: Presidente da República “desolado” com despiste de autocarro em Nisa

 

 


RELACIONADOS