Inundações afetam mais de 48 mil pessoas no centro e norte de Moçambique

Mais de 48 mil pessoas estão a ser afetadas pelas inundações no centro e norte de Moçambique, anunciou hoje a diretora-geral do Instituto Nacional de Gestão de Calamidades Naturais, Domingas Maíta.

Inundações afetam mais de 48 mil pessoas no centro e norte de Moçambique

Inundações afetam mais de 48 mil pessoas no centro e norte de Moçambique

Mais de 48 mil pessoas estão a ser afetadas pelas inundações no centro e norte de Moçambique, anunciou hoje a diretora-geral do Instituto Nacional de Gestão de Calamidades Naturais, Domingas Maíta.

Domingas Maíta disse, em declarações ao diário Notícias, que as cheias destruíram totalmente 2.212 casas e danificaram parcialmente 2.024.

Segundo a mesma fonte, as chuvas inundaram 167 salas de aula, deixando fora da escola 12.192 alunos, e oito postos médicos.

Relativamente a culturas agrícolas, 4.664 hectares foram perdidos.

Na sexta-feira, seis pessoas morreram quando as suas casas desabaram na cidade de Tete, centro do país.

As cheias atingem as províncias de Sofala, Manica, Zambézia e Tete, no centro, e Nampula, norte.

Moçambique é ciclicamente afetado por calamidades naturais, com o sul a registar seca e o centro e norte cheias.

PMA // VM

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS