Incêndios: Presidente da Câmara de Cascais afirma que não há vítimas nem casas ardidas

Incêndios: Presidente da Câmara de Cascais afirma que não há vítimas nem casas ardidas

O presidente da Câmara de Cascais afirmou que não existe registo de casas ardidas, vítimas mortais ou feridos, na sequência do incêndio, que deflagrou por volta das 22:50 na serra de Sintra

“Se existir a necessidade de evacuação, apelo que os cidadãos respondam de forma positiva”, disse Carlos Carreiras à Lusa.

O presidente disse ainda que os meios que estão a ser usados nas operações têm sido os aconselháveis.

“A velocidade do vento pode acelerar em termos de terreno”, mas as autoridades estão a dar uma resposta positiva, afirmou.

O fogo partiu em duas frentes, “a que está no lado de Cascais está na zona do Abano”, acrescentou Carlos Carreiras.

O incêndio deflagrou cerca das 22:50 de sábado na serra de Sintra, numa zona de mato, e mobilizava cerca da 01:00 mais de 330 bombeiros, segundo fonte municipal.

Algumas povoações do concelho de Cascais estão a ser evacuadas, nomeadamente Biscaia e Figueira do Guincho, afirmou o oficial de operações da Proteção Civil, Paulo Santos, em declarações à SIC.

Os residentes dessas casas que estão a ser evacuadas estão a ser transportados para a Malveira da Serra, segundo Paulo Santos.

O responsável da Proteção Civil disse que o incêndio, que começou por volta das 22:50 de sábado na zona da Peninha, se desenvolve em direção ao concelho de Cascais com grande intensidade “influenciado pelo forte vento que está a condicionar o combate”.

A prioridade dos bombeiros é proteger as pessoas e bens havendo algumas casas dispersas.

O Presidente da República já deixou a Câmara de Sintra, aonde se deslocou para acompanhar a evolução do incêndio que deflagrou na zona da Peninha, na serra, mantendo contacto com a autarquia de Cascais, para onde as chamas avançam.

MIM (LYFS/JPF)

By Impala News / Lusa


RELACIONADOS

Incêndios: Presidente da Câmara de Cascais afirma que não há vítimas nem casas ardidas

O presidente da Câmara de Cascais afirmou que não existe registo de casas ardidas, vítimas mortais ou feridos, na sequência do incêndio, que deflagrou por volta das 22:50 na serra de Sintra