Incêndio que deflagrou em Oliveira de Azeméis está dominado

O incêndio que deflagrou na quarta-feira em Oliveira de Azeméis e alastrou aos concelhos de Estarreja e Albergaria-a-Velha, no distrito de Aveiro, está dominado, disse fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Aveiro.

Incêndio que deflagrou em Oliveira de Azeméis está dominado

Incêndio que deflagrou em Oliveira de Azeméis está dominado

O incêndio que deflagrou na quarta-feira em Oliveira de Azeméis e alastrou aos concelhos de Estarreja e Albergaria-a-Velha, no distrito de Aveiro, está dominado, disse fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Aveiro.

O incêndio que deflagrou na quarta-feira em Oliveira de Azeméis e alastrou aos concelhos de Estarreja e Albergaria-a-Velha, no distrito de Aveiro, está dominado, disse fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Aveiro. “O incêndio foi dado como dominado às 20:00. Neste momento, não há vento. Passou a parte pior”, disse à Lusa o comandante do CDOS de Aveiro, José Carlos Pinto.

Para ler também
Estado de contingência alargado pelo menos até domingo
O ministro da Administração Interna, José Luís Carneiro, anunciou hoje que o país se mantém em estado de contingência até às 24h00 de domingo e que o eventual prolongamento desse estado será reavaliado nesse dia (… continue a ler aqui)

O mesmo responsável adiantou ainda que o dispositivo mantém-se no terreno por causa de possíveis reacendimentos. O incêndio deflagrou na quarta-feira à tarde, pelas 12:54, no lugar da Senhora da Ribeira, na freguesia de Pinheiro da Bemposta, em Oliveira de Azeméis, e a instabilidade do vento fez com que as chamas chegassem a Albergaria-a-Velha e Estarreja.

As autoestradas A1, A29, A25 e o Itinerário Complementar 2 (IC2) chegaram a estar cortadas devido ao incêndio. Pouco depois das 00:00, a circulação foi reposta na A25 e o no IC2 e cerca das 05:30 foi reaberta a A29 e a A1. Pelas 20:45 encontravam-se no terreno 354 operacionais, apoiados por 120 viaturas, de acordo com a página da Internet da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil, que classificava o incêndio como “em resolução”.

Portugal continental está em situação de contingência até domingo. A situação de contingência corresponde ao segundo nível de resposta previsto na lei da Proteção Civil e é declarada quando, face à ocorrência ou iminência de acidente grave ou catástrofe, é reconhecida a necessidade de adotar medidas preventivas e ou especiais de reação não mobilizáveis no âmbito municipal.

 

 

Impala Instagram


RELACIONADOS