Incêndio em Alcanena preocupa bombeiros no terreno

Cerca de 120 bombeiros que combatem incêndio em Alcanena, mostram preocupação em controlar o fogo.

Incêndio em Alcanena preocupa bombeiros no terreno

Incêndio em Alcanena preocupa bombeiros no terreno

Cerca de 120 bombeiros que combatem incêndio em Alcanena, mostram preocupação em controlar o fogo.

Deflagrou um incêndio no Parque Natural das Serras de Aires e Candeeiros, mais precisamente em Casais Robustos, no concelho de Alcanena, distrito de Santarém. O alerta para a ocorrência foi dado esta quarta-feira, dia 9 de julho, pelas 11 horas e 30 minutos. Segundo a Proteção Civil, o fogo continua em curso, embora esteja deflagrar numa área de difícil acesso.

A maior preocupação é a retirada dos meios aéreos com o cair da noite. Neste momento, apenas os helicópteros conseguem aceder aos locais que continuam a arder. 125 bombeiros continuam no terreno de forma a controlar os últimos focos de incêndio, mostrando preocupação com a possibilidade de o mesmo voltar a ganhar força. Com o apoio de 38 viaturas, o combate permanece ativo numa densa zona de mato.

Segundo incêndio este ano

Este é o segundo incêndio em Alcanena este ano. No início de julho um homem, de 43 anos, foi detido por, presumivelmente, ter ateado três fogos no local. Na altura a ocorrência foi controlada por 112 operacionais, 37 viaturas e dois meios aéreos.

Portugal continua a ser fustigado

Os portugueses continuam a viver o drama dos incêndios. Às 17 horas e 30 minutos, desta quarta-feira, dia 9 de julho, a Autoridade Nacional da Proteção Civil registava 62 fogos ativos, estando 11 em curso, 4 em resolução e 47 em conclusão. No terreno estavam 1639 operacionais, apoiados por 442 viaturas e 19 meios aéreos.

Impala Instagram


RELACIONADOS