Idealizadores do Rock in Rio anunciam novo festival de música para 600 mil pessoas no Brasil

Os idealizadores do Rock in Rio e do Rock in Rio Lisboa confirmaram hoje a realização de um novo festival de música chamado The Town (A cidade), que estimam reunir 600 mil pessoas em São Paulo, a maior cidade do Brasil, em setembro de 2023.

Idealizadores do Rock in Rio anunciam novo festival de música para 600 mil pessoas no Brasil

Idealizadores do Rock in Rio anunciam novo festival de música para 600 mil pessoas no Brasil

Os idealizadores do Rock in Rio e do Rock in Rio Lisboa confirmaram hoje a realização de um novo festival de música chamado The Town (A cidade), que estimam reunir 600 mil pessoas em São Paulo, a maior cidade do Brasil, em setembro de 2023.

“Neste momento temos a responsabilidade de voltar à vida, de [trazer] de volta a alegria”, explicou Roberto Medina, criador do Rock in Rio e do The Town, na cerimónia de lançamento do projeto.

Roberto Medina acrescentou que o evento ira representar a maior cidade do Brasil, “as coisas diferentes que a cidade tem, todas as cores, todas as raças e as diversidades.”

“Temos 37 anos de história da criação do Rock in Rio, da primeira edição. The Town nasce com 37 anos de experiência, tudo que a gente aprendeu, tudo que a gente viveu, tudo que a gente faz no Rock in Rio. O The Town parte daí. Já são 19 edições de Rock in Rio, em quatro países “, acrescentou Roberta Medina, vice-presidente do Rock in Rio.

A empresária lembrou que desde 1985, ano do primeiro do Rio de Janeiro, sempre perguntavam porque os organizadores não faziam algo semelhante em São Paulo.

“Faz sentido ir para São Paulo, mas faz sentido se criar uma marca para São Paulo, um projeto nascido na diversidade cultural, na potência que há em São Paulo”, explicou Roberta Medina.

Os organizadores estimam que as atracões, distribuídas ao longo de cinco dias (2, 3, 8, 9 e 10 de setembro de 2023) reunirão um público total de aproximadamente 600 mil pessoas, em seis palcos montados no autódromo de Interlagos, com cenografia inspirada em ícones da arquitetura da cidade de São Paulo.

Serão mais de 230 horas de música num evento que contará com investimento de 300 milhões de reais (47,4 milhões de euros) e a expetativa de movimentar 1,2 mil milhões de reais (190 milhões de euros), gerando também cerca de 27 mil empregos.

Roberta Medina frisou que o novo festival será sustentável e seguirá as diretrizes adotadas no Rock in Rio no Brasil e também em Portugal.

“Queremos servir de plataforma. São Paulo pode ser um exemplo de um grande centro urbano sustentável (…) Está mais do que provado que somos nós que fazemos este relógio se mover, então vamos olhar para as pessoas e vamos cuidar deste planeta e deste mundo”,  salientou a executiva.

Durante o evento de lançamento do The Town, os organizadores confirmaram a participação dos cantores brasileiros Iza e Criolo como as primeiras atracões artísticas que se apresentarão no novo festival.

Ambos também emprestam suas vozes para as músicas-temas do The Town.

Também presentes no evento para a jornalistas e convidados, os dois cantores apresentaram juntos, pela primeira vez, as canções que moldam a identidade do The Town.

O Rock in Rio Lisboa, cuja edição de 2020 foi adiada por causa da pandemia, está marcado para 18 e 19, 25 e 26 de junho de 2022, no Parque da Bela Vista, em Lisboa.

Em setembro, o festival anunciou ainda a intenção de se tornar mais sustentável progressivamente até 2030, propondo, por exemplo, a promoção de estágios “para pessoas em situação de carência económica e social”, “zero desperdício alimentar em todas as edições”, melhores acessibilidades e incentivos à “economia circular entre os parceiros na ‘cidade do rock'”.

  CYR//RBF

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS