Chamavam-lhe o Homem Bom e foi assassinado em direto no Facebook [vídeo]

Robert, o Homem Bom, apanhava latas na rua quando foi morto por Steve Stephens, que matou sem motivo enquanto transmitia o crime no Facebook, em direto.

Robert Godwin, de tinha 74 anos, estava reformado e tinha o hábito de apanhar latas na rua que depois trocava por dinheiro. Não recolhia as latas pelo dinheiro, pois tinha um bom plano de reforma, fruto de uma vida a trabalhar na metalurgia. O Homem Bom, como era conhecido na comunidade, queria simplesmente ocupar o tempo.

LEIA MAIS: Bagageiro filmado a lançar malas de passageiros da Ryanair no aeroporto

E foi quando caminhava na rua, à procura de latas de alumínio, que foi assassinado aleatoriamente por Steve Stephens, que transmitiu o homicídio no Facebook Robert tinha nove filhos e 14 netos. Voltava a casa depois do almoço de Páscoa quando foi assassinado. A família, em choque, elogia o pai. “Um grande homem, um homem bom” que sempre providenciou para a família, recorda Debbie, uma das filhas.

Os filhos de Robert recusam-se a ver o vídeo da morte do pai, o Homem Bom. «Não queremos ver alguém a matar o nosso pai»

As autoridades dos estados do Indiana, de Nova Iorque, do Michigan, da Pensilvânia e do Ohio, onde ocorreu o crime macabro continuam na busca por Stephens, que se mantém a monte.

LEIA MAIS: Estudante atacada à mão armada corre com ladrão ao pontapé [vídeo]

Mais

RELACIONADOS

Chamavam-lhe o Homem Bom e foi assassinado em direto no Facebook [vídeo]

Robert, o Homem Bom, apanhava latas na rua quando foi morto por Steve Stephens, que matou sem motivo enquanto transmitia o crime no Facebook, em direto.