Helena Ramos morreu sozinha | «Nunca ninguém perguntou se estava melhorzinha»

Helena Ramos, apresentadora da RTP, morreu aos 64 anos esta quinta-feira vítima de cancro. Júlio Isidro lembra a colega e amiga de profissão.

A apresentadora e locutora da RTP Helena Ramos morreu esta quinta-feira, vítima de cancro, doença pela qual já lutava há algum tempo. A notícia foi avançada pela RTP Memória numa publicação no Facebook. «Para sempre, nossa Helena Ramos, 1954-2018», lê-se. O velório decorre esta quinta-feira, a partir das 17h30, na igreja da Luz, em Lisboa. O funeral será em Sever do Vouga, terra natal da apresentadora, esta sexta-feira, 2 de novembro.

LEIA MAIS: Previsão do tempo para sexta-feira, 2 de novembro de 2018

Júlio Isidro afirma que do «ponto de vista profissional» se perdeu «uma grande pessoa». O apresentador da RTP recorda Helena Ramos como uma «excelente profissional», que «sabia o que escrevia». «Teve uma carreira recheada de grandes momentos em todas as áreas, como o entretenimento e a informação.»

  • O drama do Cancro | Júlio Isidro: «Guardou o seu sofrimento em absoluto sigilo»

Helena Ramos sofria de cancro há alguns anos. Sempre discreta em relação à sua condição de saúde, Helena Ramos nunca deixou de trabalhar na RTP2 e na RTP Memória. «Soube fazer uma coisa que hoje em dia é um ato de coragem: guardar o seu sofrimento em absoluto sigilo», revela Júlio Isidro. A apresentadora viveu a doença durante quatro a cinco anos. «Esteve sempre connosco. Trabalhou até ao fim e nunca ninguém notou, nem lhe perguntou, se estava melhorzinha.»

LEIA MAIS: Caroços no corpo… o que poderá ser?

Júlio Isidro recorda o momento em que se apercebeu da ausência da colega de profissão da antena. «Temos a rubrica O Tributo e há dois dias comentei com a minha mulher a ausência dela, porque a Maria João tinha feito dois seguidos, momento que alternava com a Maria Helena». Nessa altura, Júlio Isidro revela o que comentou com a mulher. «Espero que não seja aquilo que estamos a pensar. Mas aconteceu mesmo o pior», afirma o colega amigo. O apresentador não se alonga muito mais por «solidariedade no silêncio». «A Helena sofreu sozinha, em silêncio. Ela também merece o meu silêncio», justifica.

Helena Ramos | Início da Carreira

Helena Ramos começou a trabalhar na RTP em 1978. Natural de Vale de Cambra, a apresentadora concorreu a um concurso da RTP e acabou por ser contratada como locutora de continuidade. «Lembro-me perfeitamente de ser ela escolhida num concurso de televisão», afirma Júlio Isidro. «E ainda bem», acrescenta. Helena Ramos era uma «pessoa muito trabalhadora e dedicada à televisão».

LEIA MAIS: Funeral do presidente do Leicester realiza-se em Banguecoque no sábado

Com voz única e sorriso sempre luminoso, Helena acabaria por passar para a apresentação de programas. Ao longo da carreira colecionou no currículo programas como Jogo de Damas (1993), Canal Aberto (1996), Boa Tarde (2000) ou Os Vencedores (2002). Foi também cara de Totoloto e de Toto-Sorteio. Fez parte da comissão instaladora da RTP Memória, em 2004, e em 2005 apresentou O Melhor de Nós, programa transmitido na RTP3 e na RTP Internacional. Na RTP Memória, apresentou vários programas, tais como Cartaz de Memórias e Há Conversa.

LEIA MAIS: Morreu antigo jogador do FC Porto

Siga a Impala no Instagram

Impala Instagram


RELACIONADOS

Helena Ramos morreu sozinha | «Nunca ninguém perguntou se estava melhorzinha»

Helena Ramos, apresentadora da RTP, morreu aos 64 anos esta quinta-feira vítima de cancro. Júlio Isidro lembra a colega e amiga de profissão.