Governo moçambicano apela ao equilíbrio sobre os resultados do recenseamento eleitoral em Gaza

A ministra da Administração Estatal de Moçambique, Carmelita Namachulua, apelou a um “ponto de equilíbrio” entre o Instituto Nacional de Estatística (INE) e os órgãos eleitorais em relação à discrepância dos resultados do recenseamento eleitoral na província de Gaza.

Governo moçambicano apela ao equilíbrio sobre os resultados do recenseamento eleitoral em Gaza

Governo moçambicano apela ao equilíbrio sobre os resultados do recenseamento eleitoral em Gaza

A ministra da Administração Estatal de Moçambique, Carmelita Namachulua, apelou a um “ponto de equilíbrio” entre o Instituto Nacional de Estatística (INE) e os órgãos eleitorais em relação à discrepância dos resultados do recenseamento eleitoral na província de Gaza.

“Estamos a acompanhar, mas sabemos muito bem que tanto o STAE, a CNE e o INE trabalham e tem credibilidade, por isso vamos deixar para que, efetivamente, essas instituições possam encontrar um ponto de equilíbrio”, disse a ministra, citada hoje pelo canal privado STV.

Em causa estão os dados do recenseamento eleitoral apurados pelos órgãos eleitorais, que, para o INE, só farão sentido nas projeções da população da província de Gaza, sul de Moçambique, em 2040.

Os órgãos eleitorais moçambicanos recensearam cerca de 230 mil eleitores a mais do que o número da população em idade eleitoral na província de Gaza.

O INE e a Comissão Nacional de Eleições afirmaram a imprensa que os seus resultados são fiáveis.

O número de eleitores apurados em Gaza faz da província a única em Moçambique que conseguiu registar um número acima da população em idade eleitoral, o que pode ter um impacto nos resultados da votação nas eleições gerais de 15 de outubro.

A província de Gaza vota normalmente na Frente de Libertação de Moçambique (Frelimo), partido no poder, e a discrepância dos dados do recenseamento é visto como resultado de tentativa de manipulação do registo a favor desta organização política.

PMA // PJA

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS