GNR acusado de abuso sexual em posto foi absolvido em tribunal

Segundo a sentença, a conduta do arguido “não preenche os requisitos do crime” de que estava acusado, daí a sua absolvição.

GNR acusado de abuso sexual em posto foi absolvido em tribunal

GNR acusado de abuso sexual em posto foi absolvido em tribunal

Segundo a sentença, a conduta do arguido “não preenche os requisitos do crime” de que estava acusado, daí a sua absolvição.

O Tribunal Judicial da Guarda absolveu hoje um militar da GNR que estava acusado de um crime de abuso sexual de uma mulher, no posto de Celorico da Beira, no distrito da Guarda.

LEIA DEPOIS
Meteorologia: Previsão do tempo para terça-feira, 11 de fevereiro de 2020

GNR foi absolvido

Segundo a sentença, a conduta do arguido “não preenche os requisitos do crime” de que estava acusado, daí a sua absolvição.

Na leitura do acórdão, a juíza do coletivo referiu que “não há dúvidas que os atos de natureza sexual ocorreram”, mas, tendo em conta o modo como os mesmos ocorreram e as circunstâncias, não ficou provado que o militar se tivesse aproveitado das suas funções para se envolver sexualmente com a mulher, que estava detida preventivamente.

Impala Instagram


RELACIONADOS