Família oferece recompensa de 5 mil euros a quem encontrar idosa portuguesa

Família oferece recompensa de 5 mil euros a quem encontrar idosa portuguesa

A família promete a recompensa monetária, mesmo que a idosa não seja encontrada com vida

Ana Fátima Gonçalves, uma idosa de 79 anos, está desaparecida há mais de um mês. A mulher, também conhecida também por Caselas, foi vista pela última vez a 16 de abril, em Montalegre, região onde reside, na localidade de Frades do Rio.

O irmão e os sobrinhos da mulher estão a oferecer cinco mil euros, a quem encontrar a idosa, com ou sem vida. «É um incentivo para que se continue a fazer buscas», revelou Manuel Caselas, sobrinho e afilhado da desaparecida ao Correio da Manhã.

Tendo já feito de tudo, a família da desaparecida não quer deixar de procurar a matriarca. Apesar de as buscas policiais não terem tido sucesso e ninguém ter respondido aos cartazes que a família colocou espalhados pela zona e pela internet, a família garante que não descansará enquanto Ana Fátima não for encontrada, com ou sem vida.

«Nós já não temos grande esperança em encontrá-la com vida, mas queremos ter um ponto final nesta incerteza e nesta dor», confessou Manuel Caselas.

Face a ineficiência de todos os esforços, a família decidiu agora recorrer à recompensa financeira. Caso tenha alguma informação contacte a GNR de Montalegre.

 

 

 


RELACIONADOS