Ex-número 2 de João Rendeiro detido no Porto

Paulo Guichard, o ex-braço direito de João Rendeiro e ex-administrador do BPP, que foi condenado em vários processos ligados ao banco, foi detido esta quinta-feira à noite, pela Polícia Judiciária no Aeroporto Sá Carneiro ao regressar do Brasil.

Ex-número 2 de João Rendeiro detido no Porto

Ex-número 2 de João Rendeiro detido no Porto

Paulo Guichard, o ex-braço direito de João Rendeiro e ex-administrador do BPP, que foi condenado em vários processos ligados ao banco, foi detido esta quinta-feira à noite, pela Polícia Judiciária no Aeroporto Sá Carneiro ao regressar do Brasil.

Paulo Guichard, ex-número dois de João Rendeiro e ex-administrador do BPP, foi condenado em vários processos ligados ao banco, foi detido nesta quinta-feira à noite no Aeroporto Internacional Francisco Sá Carneiro ao regressar do Brasil. A detenção foi executada pela Polícia Judiciária (PJ) em cumprimento de um mandado de detenção emitido pelo juiz Nuno Dias Costa e Guichard encontra-se neste momento nas instalações da PJ do Porto.

O ex-braço direito de João Rendeiro foi condenado a uma pena única de quatro anos e oito meses de prisão efetiva pela prática de seis crimes de falsidade informática e um crime de falsificação de boletins, atas ou documentos, segundo o comunicado da Polícia Judiciária (PJ).

Paulo Guichard é um ex-administradores do Banco Privado Português (BPP) condenados pela gestão criminosa da instituição financeira, e tinha-se demarcado de João Rendeiro, que fugiu à Justiça portuguesa. O JN noticiou, nesta quarta-feira, que Guichard tinha comunicado ao tribunal que iria deixar o Brasil, onde se radicou há dez anos, para regressar a Portugal. Guichard, de 61 anos, foi punido a um total de 17 anos e quatro meses de prisão em três processos distintos e tem aguardado em liberdade o trânsito em julgado das decisões.

LEIA TAMBÉM
Juíza manda emitir mandados de captura para João Rendeiro

Impala Instagram


RELACIONADOS