Ex-Harvey Weinstein fica com a guarda dos filhos e uma fortuna com divórcio

Após ser protagonista de um dos maiores escândalos sexuais da história de Hollywood, Harvey Weinstein perde a custódia dos filhos e… uma fortuna

Ex-Harvey Weinstein fica com a guarda dos filhos e uma fortuna com divórcio

Após ser protagonista de um dos maiores escândalos sexuais da história de Hollywood, Harvey Weinstein perde a custódia dos filhos e… uma fortuna

Momentos após Harvey Weinstein, um dos maiores produtores de Hollywood, ser acusado de assédio e abuso sexual, Georgina Chapman pediu o divórcio, ao fim de 10 anos de casamento.

De acordo com o New York Post, Weinstein e Chapman vão assinar nos próximos dias os documentos oficiais do divórcio, no qual o produtor vai ter de pagar entre 15 a 20 milhões euros à ex-mulher, mais 300 mil euros por casa ano do casamento, como contempla uma das clausulas do contracto pré-nupcial.

Os bens do casal também serão divididos, nomeadamente: uma mansão em West Village, avaliada em 15 milhões de euros, uma outra em Hamptons, no valor de 12,4 milhões de euros e mais uns imóveis em Los Angeles e Connectinut.

Fruto da relação, o produtor e a designer de moda têm dois filhos, India, de sete anos, e Dashiell, de quatro, que segundo a mesma publicação ficarão sob a custódia da mãe.

Georgina Chapman, de 41 anos, veio prestar apoio publicamente às alegadas vítimas de assédio e abuso sexual, por parte do marido, mal foram reveladas as polémicas denúncias.

Espreite: Harvey Weinstein é agredido por fã em restaurante: «Seu monte de m****!» (vídeo)

Angelina Jolie, Gwyneth Paltrow, Mira Sorvino, Ashley Judd, Léa Seydoux e Asia Argento figuram entre as mulheres que denunciaram uma série de episódios diferentes que vão desde presumíveis comportamentos sexuais abusivos a supostas violações por parte do produtor galardoado com um Óscar pela produção de “A Paixão de Shakespeare” (1998).

O escândalo em torno de Weinstein incentivou várias vítimas do mundo do espetáculo a denunciarem diferentes casos de abuso e assédio sexual. Entre os acusados estão atores como Kevin Spacey e Dustin Hoffman, o ex-presidente da Amazon Studios Roy Price, e os cineastas Brett Ratner e James Toback.

Veja ainda: Escândalo sexual abala Hollywood: denúncias levam a despedimento de Harvey Weinstein

 

Impala Instagram


RELACIONADOS