EUA: Supremo limita regulação da Agência de Proteção Ambiental

O Supremo Tribunal norte-americano limitou hoje a ação da Agência de Proteção Ambiental (EPA, na sigla inglesa) na regulação das emissões de dióxido de carbono das centrais elétricas, considerada essencial para o combate à crise climática. 

EUA: Supremo limita regulação da Agência de Proteção Ambiental

EUA: Supremo limita regulação da Agência de Proteção Ambiental

O Supremo Tribunal norte-americano limitou hoje a ação da Agência de Proteção Ambiental (EPA, na sigla inglesa) na regulação das emissões de dióxido de carbono das centrais elétricas, considerada essencial para o combate à crise climática. 

A decisão, num voto 6-3 tomado pela maioria conservadora do Tribunal, determina que a legislação anti-poluição Clean Air Act não pode ser usada pela EPA para regular as emissões de gases com efeito de estufa provenientes das centrais elétricas. 

A Casa Branca já considerou a decisão “devastadora” e o presidente Joe Biden prometeu que “não hesitará” em utilizar os poderes que lhe foram conferidos para “proteger a saúde pública e combater a crise das alterações climáticas”. 

ARYG // PDF

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS