Espanha avança com repatriamento de 600 marroquinos

As autoridades espanholas efetuaram o repatriamento de 600 marroquinos que estavam bloqueados em Melilla, face ao encerramento da fronteira devido à pandemia de covid-19, revelou hoje em comunicado o governo de Espanha.

Espanha avança com repatriamento de 600 marroquinos

Espanha avança com repatriamento de 600 marroquinos

As autoridades espanholas efetuaram o repatriamento de 600 marroquinos que estavam bloqueados em Melilla, face ao encerramento da fronteira devido à pandemia de covid-19, revelou hoje em comunicado o governo de Espanha.

Os migrantes foram notificados na fronteira de Beni-Enzar e, após serem identificados pela polícia espanhola, saíram de Melilla para Marrocos com medidas de segurança interpessoais para evitar o contágio com o vírus SARS-CoV-2. Os cidadãos marroquinos saíram em três grupos ao longo dos últimos cinco dias, sendo que 200 partiram hoje sem registo de incidentes.

O executivo espanhol liderado por Pedro Sánchez admite a realização de uma quarta operação de repatriamento no mesmo posto fronteiriço, face à existência de outros pedidos de regresso de marroquinos que estão pendentes nos serviços espanhóis.

Já nos últimos dias também 220 mulheres voltaram em Marrocos em dois grupos, após terem estado seis meses em Ceuta, a outra cidade espanhola no norte de África.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de um milhão e trinta mil mortos e mais de 34,9 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

JYGO // VC

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS