Espanca a mulher e divulga fotos da vítima com hematomas nos olhos

Apresentou várias queixas, mas por “vergonha, submissão e receio” nunca colaborou com as autoridades e os processos foram sempre arquivados.

Espanca a mulher e divulga fotos da vítima com hematomas nos olhos

Espanca a mulher e divulga fotos da vítima com hematomas nos olhos

Apresentou várias queixas, mas por “vergonha, submissão e receio” nunca colaborou com as autoridades e os processos foram sempre arquivados.

Uma mulher foi constantemente espancada e humilhada pelo marido durante 17 anos. Segundo a acusação do Ministério Público, o arguido, de 38 anos, tratava a mulher como sua empregada. Estavam juntos desde 2002 e as humilhações começaram cedo, com a mulher a ser obrigada a ver filmes pornográficos e ameaçada constantemente.

Apresentou várias queixas, mas por “vergonha, submissão e receio” nunca colaborou com as autoridades e os processos foram sempre arquivados.

Em 2004, chegou a ser atropelada pelo marido, mas por receio, nunca foi ao hospital.

Mesmo depois de proibido de contactar a vítima, o homem agrediu-a e publicou num grupo de amigos de WhatsApp uma imagem da mulher, com hematomas nos olhos e com o comentário: “É assim que se tratam as p… das mulheres.”.

A vítima chegou a tentar o suicídio, mas foi impedida pelo filho menor.

O agressor está preso e a ser julgado no Tribunal de S. João Novo, no Porto, por crimes de violência doméstica contra a mulher e o filho de ambos.

LEIA MAIS Reino Unido abate 10 mil perus após confirmação de surto de gripe das aves

 

 

Impala Instagram


RELACIONADOS