Escrava sexual do Estado Islâmico obrigada a comer filho de 1 ano [vídeo]

«Cozinhámos o teu filho de um ano que raptámos e foi isso que acabaste de comer», revelou membro do Estado Islâmico a escrava sexual.

Escrava sexual do Estado Islâmico obrigada a comer filho de 1 ano [vídeo]

«Cozinhámos o teu filho de um ano que raptámos e foi isso que acabaste de comer», revelou membro do Estado Islâmico a escrava sexual.

Uma mulher yazidi (comunidade étnico-religiosa curda cujos membros praticam uma antiga religião sincrética, o iazidismo) foi raptada e escravizada sexualmente pelo grupo terrorista Estado Islâmico. Ao fim de três dias fechada numa cave jejum, a mulher acabou por ser obrigada a comer o filho de um ano.  «Eles trouxeram-lhe um prato de arroz com carne. Ela comeu tudo porque tinha muita fome. Quando ela acabou de comer eles disseram-lhe: ‘nós cozinhámos o teu filho de um ano que raptámos e foi isso que acabaste de comer'”, revelou Vian Dakhil, a única deputada yazidi do parlamento iraquiano, numa entrevista chocante ao canal egípcio Extra News.

LEIA DEPOIS
Bebé de 10 meses morre engasgado com uma maçã

Escrava sexual é apenas o rosto de um mundo ainda mais atroz

A deputada, que tem lutada pela libertação de mulheres yazidi presas pelo Estado Islâmico, contou ainda outras histórias arrepiantes e descreveu as torturas que estas mulheres sofrem nas mãos do grupo terrorista. «Uma rapariga de 10 anos foi violada até à morte em frente ao pai e às cinco irmãs.» Segundo um relatório das Nações Unidas de 2016, a comunidade yazidi está a ser alvo de genocídio na Síria e no Iraque por parte do Estado Islâmico, através de homicídios em massa, tortura e escravatura sexual. Enquanto as mulheres yazidi são vendidas como escravas sexuais ou violadas até à morte, os homens desta comunidade étnico-religiosa são obrigados a converter-se ao islamismo ou morrem. Estima-se que atualmente existam 700 mil yazidis no mundo e que a maioria viva no Iraque.

LEIA MAIS
Previsão do tempo para este domingo, 8 de setembro
José Carlos Pereira assaltado à mão armada na Cova da Moura

Impala Instagram


RELACIONADOS