Encontrados cães e gatos mortos em casa da família Turpin

Um ex-vizinho da família fez relatos impressionantes do interior da casa da família Turpin

Encontrados cães e gatos mortos em casa da família Turpin

Encontrados cães e gatos mortos em casa da família Turpin

Um ex-vizinho da família fez relatos impressionantes do interior da casa da família Turpin

Novas revelações sobre o caso da família Turpin continuam a chocar. Segundo contou ao Los Angeles Times um ex-vizinho, foram encontrados cães e gatos mortos na antiga residência da família.

LEIA MAIS: Polícia encontra 13 irmãos acorrentados, esfomeados e tornturados pelos pais

Ricky Vinyard contou que chegou a encontrar, ainda vivos, dois cães da raça Chihuahuas na propriedade. Os animais apenas sobreviveram por comerem resíduos de fraldas descartáveis sujas.

Ao entrar na habitação dos Turpin, o ex-vizinho deparou-se com uma casa imunda, cheia de fezes, onde «tudo tinha fechaduras: o armário, o baú dos brinquedos, o frigorífico».

LEIA MAIS: Casa dos Horrores: Polícia pode usar cães para procurar cadáveres em casa dos Turpin

Vinyard acrescentou ainda que as atitudes estranhas eram uma constante. Desde as luzes acesas e as persianas fechadas todo o dia às oito novas bicicletas oferecidas às crianças num Natal, que nunca foram usadas e perderam a cor por estarem expostas ao sol.

Os pais estão acusados de tortura, sequestro, maus-tratos, atos obscenos e negligência, mas ainda poderão ser acusados de outros crimes. Foram na sexta-feira, dia 19, apresentados perante o juiz mas não deram explicações para a situação dos filhos. O casal alega inocência e pode apanhar de 94 anos a prisão perpétua. Foi pedido que o valor da fiança fosse de 13 milhões de dólares – cerca de 10,3 milhões de euros – para cada um dos pais.

Impala Instagram


RELACIONADOS