Web Summit: Altice está preparada para “suportar mais de 150.000 dispositivos”

A Altice Portugal anunciou hoje que está preparada para “suportar mais de 150.000 dispositivos” na Web Summit, enquanto parceira tecnológica do evento que arranca em Lisboa em 01 de novembro.

Web Summit: Altice está preparada para

Web Summit: Altice está preparada para “suportar mais de 150.000 dispositivos”

A Altice Portugal anunciou hoje que está preparada para “suportar mais de 150.000 dispositivos” na Web Summit, enquanto parceira tecnológica do evento que arranca em Lisboa em 01 de novembro.

“Na história da Web Summit em Lisboa, ficam os mais de 288 Terabytes de tráfego gerado e os mais de 51.000 dispositivos únicos ligados, por dia, registados ao longo das suas cinco edições (não contabiliza 2020 dado o formato ‘online’ do evento), refere a dona da Meo, em comunicado.

Estes são números “que demonstram a qualidade e resiliência das infraestruturas da Altice Portugal, a experiência e o ‘know how’ [conhecimento] adquirido em grandes eventos nacionais, bem como o trabalho desenvolvido pela empresa na promoção da inovação e do talento nacional”, adianta.

A tecnológica “dotou os locais onde decorre a Web Summit (Altice Arena e FIL) de cobertura integral de rede fixa, móvel e ‘WiFi’ de alta densidade, adequada ao nível da exigência e da dimensão internacional do evento, que este ano espera mais 70.000 participantes”.

Pela primeira vez, sublinha, “todo o recinto do evento vai estar coberto com 5G, o que vai proporcionar aos visitantes uma cobertura ainda mais rápida, com menor latência nas comunicações e com redes móveis mais robustas”.

Na sétima edição da Web Summit, a Altice Portugal destaca a “capacidade para suportar 150.000 dispositivos em simultâneo pela rede ‘wireless'”, bem como cerca de 50 quilómetos de cabo de rede e fibra ótica instalados.

Foram ainda instaladas mais de “700 antenas de ‘WiFi’, 400 ‘Access Points’ e 300 ‘switchs’ em todo o evento”, refere a dona da Meo.

“Numa ação que conta com mais de dois meses de preparação e com o envolvimento de uma equipa de mais de 160 colaboradores, 100 dos quais das áreas técnicas, a supervisão de toda a rede fixa e móvel vai ser realizada em dois locais de situação geograficamente redundantes para monitoria do evento”, sublinha.

Na ‘War Room’ da operadora, que estará instalada ‘in loco’ no recinto, “vai estar uma equipa preparada para intervir no imediato, em caso de necessidade, e que estará em estreita e permanente articulação com o centro de gestão e supervisão sediado em Picoas”, acrescenta.

A sétima edição da Web Summit, que conta com mais de 70.000 participantes, 2.630 ‘startups’ e empresas, 1.120 investidores e 1.040 oradores, arranca em Lisboa no dia 01 de novembro e termina em 04 de novembro.

ALU // MSF

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS