Wall Street segue no ‘vermelho’ após declarações de membro da Fed

A bolsa de Nova Iorque negociava hoje em baixa no começo da sessão, após ter sido sinalizado que a Reserva Federal (Fed) pode continuar a subir mais as taxas de juro para controlar a inflação.

Wall Street segue no 'vermelho' após declarações de membro da Fed

Wall Street segue no ‘vermelho’ após declarações de membro da Fed

A bolsa de Nova Iorque negociava hoje em baixa no começo da sessão, após ter sido sinalizado que a Reserva Federal (Fed) pode continuar a subir mais as taxas de juro para controlar a inflação.

Às 15:00 (hora de Lisboa), o índice Dow Jones perdia 0,87% para 33.260,91 pontos e o Nasdaq descia 1,46% para 11.020,83 pontos.

O índice alargado S&P 500 recuava 0,97% para 3.920,43 pontos.

O presidente da Fed de St. Louis, James Bullard, afirmou hoje que as taxas de juro têm que subir mais para abrandar a economia e baixar a elevada taxa de inflação.

Bullard não apontou um número concreto, mas um gráfico que acompanhava os seus comentários sugeria que a taxa de referência da Fed pode atingir um intervalo entre 5% e 7%.

Na semana passada, a bolsa de Nova Iorque registou ganhos semanais após ter sido anunciada uma desaceleração da inflação, com os dados a alimentarem a expectativa de um abrandamento no ritmo de subida das taxas de juro da Fed, que tem sido mais agressivo nos últimos meses.

Entre as 30 cotadas que integram o Dow Jones, destacava-se a descida de 2,96% da Salesforce e o ganho de 3,9 % de Cisco, empresa que apresentou resultados na quarta-feira.

Nos outros mercados, o barril de petróleo do Texas baixava para 84,02 dólares e o rendimento das obrigações do Tesouro norte-americano a 10 anos subia para 3,77%.

EO // JNM

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS