Wall Street negoceia em baixa no início da sessão

A bolsa de Wall Street negociava hoje em baixa, após a administração de Donald Trump ter anunciado que não planeia impor taxas adicionais às importações da China.

Wall Street negoceia em baixa no início da sessão

Wall Street negoceia em baixa no início da sessão

A bolsa de Wall Street negociava hoje em baixa, após a administração de Donald Trump ter anunciado que não planeia impor taxas adicionais às importações da China.

Pelas 14:55 (hora de Lisboa), o índice Dow Jones cedia 0,10% para 30.039,14 pontos, enquanto o Nasdaq perdia 0,30% para 12.483,68 pontos.

Já o índice alargado S&P 500 fixava-se em 3.683,69 pontos, menos 0,21%.

A administração de Donald Trump não planeia impor taxas adicionais às importações chinesas até à tomada de posse do futuro Presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, garantiu, na segunda-feira, o conselheiro económico da Casa Branca, Larry Kudlow.

“Não prevemos novas taxas aduaneiras” sobre produtos vindos da China, disse Kudlow.

“Continuamos comprometidos com as negociações comerciais e este é, provavelmente, o melhor caminho”, acrescentou.

O Presidente Donald Trump encetou uma guerra comercial com a China que culminou, em janeiro, com a assinatura da primeira fase de um acordo entre as duas potências.

As tarifas aduaneiras impostas pelo governo de Trump devem, no entanto, ser mantidas pelo futuro governo de Joe Biden, que anunciou na semana passada a sua intenção de manter-se firme com a China nas suas posições relativas ao comércio.

Na segunda-feira, a bolsa nova-iorquina encerrou mista com o Dow Jones a recuar 0,49%.

PE (AFE/SYL) // HB

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS