Wall Street inicia sessão em baixa prolongando perdas dos últimos dias

A bolsa de Nova Iorque negociava hoje em baixa, prolongando as perdas dos últimos dois dias, quando se espera que a Reserva Federal (Fed) comece a reduzir os estímulos ainda este ano.

Wall Street inicia sessão em baixa prolongando perdas dos últimos dias

Wall Street inicia sessão em baixa prolongando perdas dos últimos dias

A bolsa de Nova Iorque negociava hoje em baixa, prolongando as perdas dos últimos dois dias, quando se espera que a Reserva Federal (Fed) comece a reduzir os estímulos ainda este ano.

Às 14:55 (hora de Lisboa), o índice Dow Jones descia 0,21% para 34.887,52 pontos e o Nasdaq recuava 0,43% para 14.461,52 pontos.

O índice alargado S&P 500 descia 0,45% para 4.381,13 pontos.

A divulgação na quarta-feira das atas da reunião de julho da Fed indicou que foi abordada a retirada dos estímulos antes do fim do ano.

O mercado continua ainda atento à evolução da pandemia de covid-19 e à expansão da variante Delta e do seu potencial impacto na recuperação económica.

O grupo financeiro Goldman Sachs reviu em baixa, na quarta-feira à noite, as suas previsões de crescimento para o terceiro trimestre de 9% para 5,5%.

Nos Estados Unidos foram ainda publicados os dados relativos aos pedidos de subsídio de desemprego, que caíram para um novo mínimo desde o início da pandemia, recuando para 348.000 na semana passada, menos 29.000 do que anteriormente, indicou o Departamento do Trabalho.

Entre as 30 cotadas do Dow Jones destacavam-se as descidas da Chevron (-1,93%) e da Nike (-1,2%).

O preço do barril de petróleo do Texas descia para 63,37 dólares e os juros dos títulos do Tesouro norte-americano a 10 anos baixavam para 1,247%.

A bolsa nova-iorquina encerrou em baixa na última sessão, pelo segundo dia consecutivo, com o Dow Jones a baixar 1,08% e o Nasdaq 0,89%.

EO // EA

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS