Wall Street fecha sem direção na véspera do início de nova época de resultados

A bolsa nova-iorquina encerrou hoje sem rumo, com os investidores retraídos na véspera da divulgação dos resultados trimestrais de importantes bancos, que vão dar o tiro de partida para mais uma época de estatísticas empresariais.

Os resultados definitivos da sessão indicam que o índice seletivo Dow Jones Industrial Average cedeu 0,05%, para os 26.143,05 pontos, e o tecnológico Nasdaq perdeu 0,21%, para as 7.947,36 unidades.

Já o alargado S&P500 manteve-se praticamente estável, ao avançar 0,11 pontos, para as 2.888,32 unidades, aproximando-se assim tranquilamente do seu máximo, estabelecido em 20 de setembro de 2018, nos 2.930,75 pontos.

Depois de abrirem em alta, os índices foram perdendo terreno, antes de ganharem algum vigor, sem razão aparente, com a aproximação do fim das transações.

Como durante as duas sessões anteriores, “os investidores estão sobretudo a digerir os importantes ganhos realizados desde o início do ano, enquanto esperam o início da época dos resultados”, observou Nate Thooft, da Manulife Asset Management. “O que é saudável”, considerou.

O JPMorgan Chase e o Wells Fargo vão ser os dois primeiros nomes importantes do S&P500 a apresentar os seus resultados trimestrais, abrindo assim a época de apresentação de contas das empresas, que se vai prolongar por quatro semanas.

“Os investidores reduziram muito as suas expetativas no que respeita aos lucros do primeiro trimestre e é bem possível que numerosas empresas superem as expetativas, se bem que com números longe de serem fantásticos”, adiantou Thooft.

Mas os investidores “vão estar sobretudo atentos às previsões para os próximos trimestres e aos comentários (das empresas) sobre o impacto da guerra comercial, da subida dos salários, do encarecimento das matérias-primas, sobre as suas atividades”, previu.

Os indicadores divulgados hoje durante o início da sessão foram de bom augúrio, entre o anúncio de um novo recuo das inscrições semanais no subsídio de desemprego nos EUA, para um novo mínimo desde 1969, na semana de 06 de abril, e a progressão mais forte do que esperado os preços na produção, em março, nos Estados Unidos da América.

RN // SR

By Impala News / Lusa

Siga a Impala no Instagram

Impala Instagram


RELACIONADOS

Wall Street fecha sem direção na véspera do início de nova época de resultados

A bolsa nova-iorquina encerrou hoje sem rumo, com os investidores retraídos na véspera da divulgação dos resultados trimestrais de importantes bancos, que vão dar o tiro de partida para mais uma época de estatísticas empresariais.