Wall Street fecha sem direção dividida entre queda do PIB e valorização das GAFA

A bolsa nova-iorquina encerrou hoje em ordem dispersa, com os investidores divididos entre a queda histórica do produto interno bruto (PIB) nos EUA no segundo trimestre e a boa saúde dos conglomerados tecnológicos.

Wall Street fecha sem direção dividida entre queda do PIB e valorização das GAFA

Wall Street fecha sem direção dividida entre queda do PIB e valorização das GAFA

A bolsa nova-iorquina encerrou hoje em ordem dispersa, com os investidores divididos entre a queda histórica do produto interno bruto (PIB) nos EUA no segundo trimestre e a boa saúde dos conglomerados tecnológicos.

Os resultados definitivos da sessão indicam que o índice seletivo Dow Jones Industrial Average cedeu 0,85%, para os 26.313,65 pontos, ao passo que, pelo contrário, o tecnológico Nasdaq progrediu 0,43%, para os 10.587,81.

O alargado S&P500, por seu lado, desvalorizou 0,38%, para as 3.246,22 unidades.

Com uma queda histórica do PIB de quase 33%, em termos anualizados, entre abril e junho, a primeira economia mundial entrou oficialmente em recessão, segundo uma estimativa preliminar do Departamento do Comércio, divulgada hoje.

Em termos homólogos, comparando com o mesmo período do ano anterior, a descida do PIB é de 9,5%, um recuo recorde também, mas similar aos da Alemanha e Hong Kong.

Outro indicador que teve influência no mercado foi o que apresentou uma nova subida das inscrições para o subsídio de desemprego, com os pedidos da semana passada a alcançarem os 1,43 milhões, acima das expectativas dos analistas, seguindo os números do Departamento do Trabalho.

Os investidores também se preocuparam por um breve instante com uma mensagem de Donald Trump, na rede social Twitter, em que equacionava o adiamento das eleições presidenciais.

Ao contrário, os investidores estiveram a valorizar as ações das GAFA (Google, Amazon, Facebook e Apple), cujos dirigentes foram ouvidos no Congresso na quarta-feira, ao longo de cinco horas. Os democratas acusaram-nos de esmagar a concorrência e prejudicar a democracia e os republicanos queixaram-se de serem censurados nas redes sociais.

Este apoio traduziu-se em valorizações das respetivas ações: a Alphabet, a holding’ da Google, valorizou 0,98%, a Amazon 0,60%, a Facebook 0,52% e a Apple 1,21%).

RN // NFO

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS