Wall Street fecha em baixa em dia de subida de taxas pelos bancos centrais

A bolsa nova-iorquina encerrou hoje em baixa, com os investidores a cederem à vaga de subidas das taxas de juro por parte de vários bancos centrais.

Wall Street fecha em baixa em dia de subida de taxas pelos bancos centrais

Wall Street fecha em baixa em dia de subida de taxas pelos bancos centrais

A bolsa nova-iorquina encerrou hoje em baixa, com os investidores a cederem à vaga de subidas das taxas de juro por parte de vários bancos centrais.

Os resultados definitivos da sessão indicam que o índice seletivo Dow Jones Industrial Average recuou 0,35%, para os 30.076,68 pontos, o alargado S&P500 perdeu 0,84%, para as 3.757,99 unidades, e o tecnológico Nasdaq retrocedeu 1,37%, para as 11.066,81.

As ações não resistiram em particular às medidas de endurecimento da política monetária tomadas por vários bancos centrais.

A Reserva Federal (Fed) dos EUA elevou na quarta-feira a sua taxa de juro de referência em 0,75 pontos percentuais e assinalou que vão haver mais subidas.

E hoje foram vários os bancos centrais que fizeram o mesmo, como o Banco de Inglaterra, que subiu a sua taxa de juro em meio ponto percentual, tanto quanto o Banco Nacional Suíço, com este a ser o último banco central europeu a deixar de ter taxas de juro negativas.

Já o Banco do Japão manteve inalterada a sua política monetária.

Na opinião de Barry Bannister, o principal estratega de investimento na Stifel, a última onda de vendas reflete a preocupação entre os investidores com a possibilidade de a Fed poder tornar-se ainda mais agressiva.

Este cenário, contudo, será improvável se os preços estabilizarem e caírem, mas isto pode requerer mais de um ano, avisou.

“A questão é a de saber qual é o nível de paciência, tanto da Fed, como dos investidores”, disse.

RN // CC

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS