Wall Street fecha em baixa depois de conhecida ata da reunião da Reserva Federal

A bolsa nova-iorquina encerrou hoje em baixa, com o índice tecnológico Nasdaq a apresentar mesmo uma desvalorização de 3,34%, na expectativa de um endurecimento da política monetária, depois da divulgação da ata de uma reunião da Reserva Federal.

Wall Street fecha em baixa depois de conhecida ata da reunião da Reserva Federal

Wall Street fecha em baixa depois de conhecida ata da reunião da Reserva Federal

A bolsa nova-iorquina encerrou hoje em baixa, com o índice tecnológico Nasdaq a apresentar mesmo uma desvalorização de 3,34%, na expectativa de um endurecimento da política monetária, depois da divulgação da ata de uma reunião da Reserva Federal.

Os resultados definitivos da sessão indicam que o Nasdaq caiu para 15.100,17 pontos, depois daquela baixa, que o seletivo Dow Jones Industrial Average recuou 1,07%, para as 36.407,11 unidades, e o alargado S&P500 perdeu 1,94%, para as 4.700,58.

A praça nova-iorquina viveu um dia de vendas, depois da publicação da ata da última reunião do comité de política monetária da Fed, em dezembro, em que o banco central anunciou o início da retirada de estímulos que colocou no terreno para paliar a crise provocada pela pandemia do novo coronavirus.

Segundo os analistas, a surpresa esteve na sugestão de vários governadores do banco de reduzir a quantidade de obrigações do Tesouro que possui, quando começar a subir as rachas de juro.

Jay Hatfield, administrador-delegado da Infrastructure Capital Management, descreveu ao canal televisivo CNBC o “risco” que os investidores viram relativo a esta eventual redução de posições na dívida pública norte-americana.

“Não se quer estar na bolsa quando a Fed lhe retira liquidez”, assinalou.

No mercado da dívida, o rendimento da obrigação do Tesouro a 1 anos subiu para 1,70%, o que prejudicou em particular os títulos tecnológicos.

Com todos os setores em baixa, as perdas maiores foram apresentadas pelos do imobiliário (3,22%), tecnológico (3,1%) e comunicações (-2,94%).

Nas empresas, a Microsoft e a Apple, integrantes do Dow Jones, recuaram 3,84% e 2,66%, respetivamente.

RN//RBF

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS