Wall Street fecha em alta sustentada pelas GAFA cujos dirigentes vão ao Congresso

A bolsa nova-iorquina encerrou em alta, sustentada pelas tecnológicas Google, Amazon, Facebook e Apple, que vão apresentar os seus resultados trimestrais esta semana, e pelas negociações de um novo programa de estímulos económicos nos EUA.

Wall Street fecha em alta sustentada pelas GAFA cujos dirigentes vão ao Congresso

Wall Street fecha em alta sustentada pelas GAFA cujos dirigentes vão ao Congresso

A bolsa nova-iorquina encerrou em alta, sustentada pelas tecnológicas Google, Amazon, Facebook e Apple, que vão apresentar os seus resultados trimestrais esta semana, e pelas negociações de um novo programa de estímulos económicos nos EUA.

Os resultados definitivos da sessão indicam que o Dow Jones Industrial Average valorizou 0,43%, para os 26.584,77 pontos.

Da mesma forma, o tecnológico Nasdaq ganhou 1,67%, para as 3.239,51 unidades, e o alargado S&P500 progrediu 0,74%, para as 3.239,41.

Os investidores ficaram entusiasmados pelo desempenho das tecnológicas, que fecharam em nítida subida, com a ‘holding’ da Google, a Alphabet, a avançar 1,41%, a Amazon 1,54%, a Facebook 1,21% e a Apple 2,37%.

Os dirigentes destes quatro conglomerados vão ser questionados na quarta-feira no Congresso, no quadro de um inquérito sobre eventuais abusos de posição dominante e sobre a pertinência de leis ‘antitrust’ (anticoncentração) existentes.

A progressão bolsista das GAFA, acrónimo relativo a Google, Amazon, Facebook e Apple, hoje verificada “sugere que os investidores não estão inquietos com os riscos de regulação e pensam que estas empresas estão em boa situação de um ponto de vista comercial”, observou Patrick O’Hare, da Briefing.com.

Boeing, McDonald’s e Starbucks integram o conjunto de grandes grupos de Wall Street que vão divulgar as suas contas relativas ao segundo trimestre.

Até agora, mais de um quarto das 500 empresas que pertencem ao S&P500 já publicaram os seus resultados.

Segundo as estatísticas do gabinete Factset, os resultados já conhecidos indicam um recuo de cerca de 43%, em termos trimestrais.

Os investidores bolsistas estiveram também a acompanhar a evolução das negociações no Congresso de um novo plano de estímulo económico.

No domingo, o secretário do Tesouro, Steven Mnuchin, declarou-se otimista na televisão Fox News quanto à sua capacidade de alcançar um consenso, com os republicanos do Senado a preverem a apresentação de um projeto hoje.

O conselheiro económico da Casa Branca, Larry Kudlow, por sua vez, anunciou no domingo na televisão CNN que um novo cheque de 1.200 dólares (1.020 euros) iria ser enviado, sem dúvida, aos cidadãos dos EUA e que a moratória dos despejos iria ser prolongada.

Na frente dos indicadores, as encomendas de bens duradouros nos EUA subiram em junho, pelo segundo mês consecutivo, depois da acentuada queda de abril, resultante da pandemia, progredindo 7,3%, acima das expectativas, segundo os dados do Departamento do Comércio.

Os investidores vão agora seguir com atenção a reunião de política monetária da Reserva Federal, na terça e quarta-feira, apesar de não esperarem novidades.

RN // SR

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS