Wall Street fecha em alta clara em sessão de ‘caça’ aos saldos

A bolsa nova-iorquina encerrou hoje em alta clara, com os investidores a aproveitarem a queda da sessão anterior para fazerem compras.

Wall Street fecha em alta clara em sessão de 'caça' aos saldos

Wall Street fecha em alta clara em sessão de ‘caça’ aos saldos

A bolsa nova-iorquina encerrou hoje em alta clara, com os investidores a aproveitarem a queda da sessão anterior para fazerem compras.

Os resultados definitivos da sessão indicam que o índice seletivo Dow Jones Industrial Average avançou 1,82%, para as 34.639,79 unidades, o alargado S&P500 progrediu 1,42%, para os 4.577,10 pontos, e o tecnológico Nasdaq ganhou 0,83%, para as 15.381,32.

A praça nova-iorquina começou com ganhos, que foram aumentando ao longo do dia, especialmente no caso das empresas que tinham sofrido as maiores perdas na véspera, como transportadoras aéreas, casinos e empresas do setor da energia.

Por exemplo, a Delta Air Lines subiu 9,3%, a MGM Resotrs 7,6%, a Hilton Worldwide 7,4% e a Norwegian Cruise Line 8,2%.

As fortes vendas dos últimos dias apresentaram oportunidades demasiado tentadoras para os operadores, disse Jay Hatfield, presidente executivo da Infrastructure Capital Advisors.

“É uma caça aos saldos depois de reação excessiva”, avançou Hatfield. “Claramente, a Fed (Reserva Federal) e a variante (Ómicron) estão a dominar o mercado, mas os fundamentais (indicadores da economia) estão muito sólidos e a Fed continua a injetar liquidez no mercado”, acrescentou.

No caso concreto do Dow Jones, este índice beneficiou particularmente da valorização das ações da Boeing, em 7,5%, depois de a China autorizar a operação do seu modelo 737 Max.

Os investidores continuaram atentos às notícias sobre a variante Ómicron no novo coronavirus, que se soube ter chegado aos EUA na quarta-feira, depois de se ter detetado o primeiro caso na Califórnia, e que hoje conheceu mais um caso, no Estado do Minnesota.

RN//RBF

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS