Wall Street abre no vermelho e Nasdaq cai 2,22% arrastado pelas tecnológicas

A bolsa de Wall Street segue hoje com perdas, após o feriado do Dia do Trabalhador nos EUA, com o Nasdaq a cair 2,22%, pressionado por algumas tecnológicas como a Apple, Amazon e Microsoft.

Wall Street abre no vermelho e Nasdaq cai 2,22% arrastado pelas tecnológicas

Wall Street abre no vermelho e Nasdaq cai 2,22% arrastado pelas tecnológicas

A bolsa de Wall Street segue hoje com perdas, após o feriado do Dia do Trabalhador nos EUA, com o Nasdaq a cair 2,22%, pressionado por algumas tecnológicas como a Apple, Amazon e Microsoft.

Cerca das 16:15 (hora de Lisboa), o Dow Jones recuava 1,54%, para 27.701,15 pontos, o índice Standard and Poor’s 500 descia 1,83% para os 3.364,36 pontos, e o índice tecnológico Nasdaq perdia 2,22%, fixando-se nos 11.062,13 pontos.

Por setores, o mais afetado na abertura da sessão foi o da energia, seguido pelo da tecnologia e o financeiro.

Depois de atingir recordes na semana passada, o mercado de ações de Nova Iorque regista assim o seu pior revés em quase três meses, enquanto se operam vendas massivas das grandes tecnologias, que têm liderado os lucros durante a pandemia.

Os mercados estão hoje a comportar-se de forma pessimista, depois de um fim de semana prolongado, também devido às declarações feitas pelo presidente norte-americano, Donald Trump, que ligam o candidato presidencial democrata, Joe Biden, ao domínio económico da China.

A China voltou a suspender a renovação das credenciais de alguns jornalistas de órgãos de comunicação norte-americanos, numa retaliação, após Washington ter aumentado o escrutínio sobre repórteres chineses a trabalhar nos Estados Unidos.

A decisão de Pequim é a mais recente manifestação da deterioração das relações entre os dois países.

MPE // JNM

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS