Via Verde ganha concurso de 16 ME nos Países Baixos

As empresas da Brisa Via Verde e A-to-Be ganharam o concurso internacional de 16 milhões de euros para gerir a cobrança de portagens eletrónicas na autoestrada A24 que serve a zona de Roterdão, nos Países Baixos.

Via Verde ganha concurso de 16 ME nos Países Baixos

Via Verde ganha concurso de 16 ME nos Países Baixos

As empresas da Brisa Via Verde e A-to-Be ganharam o concurso internacional de 16 milhões de euros para gerir a cobrança de portagens eletrónicas na autoestrada A24 que serve a zona de Roterdão, nos Países Baixos.

Num comunicado, hoje divulgado, a Via Verde precisa que o concurso internacional ganho prevê a cobrança de portagens 100% eletrónicas e a sua proposta está assente em tecnologia nacional desenvolvida pela empresa de tecnologia A-to-Be.

“O serviço da Via Verde e a A-to-Be, na primeira internacionalização conjunta das duas empresas, é baseado na experiência e na tecnologia desenvolvida em Portugal e usada pelos clientes da empresa há mais de 30 anos”, refere o comunicado.

O contrato prevê dois anos de implementação e cinco anos de operação, podendo ser prolongado por mais dois períodos opcionais de dois anos cada, num valor total de 16 milhões de euros.

A Via Verde afirma que o acordo inclui vários requisitos ESG (Environment, Social and Governance), como políticas de carbono zero e a inclusão na força de trabalho de pessoas portadoras de deficiência ou de baixos recursos.

Segundo a Via Verde, a A24 liga duas das principais autoestradas na área de Roterdão, a A15 e a A20, sendo que Roterdão tem um dos maiores portos do mundo que recebe mercadorias de todos os continentes que depois são distribuídos pela Europa inteira por rodovia e ferrovia.

Marta Sousa Uva, presidente da Comissão Executiva da A-to-Be, citada no comunicado refere que “a solução MoveBeyond Tolling BackOffice que vai ser aplicada neste projeto foi totalmente desenvolvida em Portugal, encontrando-se também implementada e testada em vários clientes nos EUA”.

A Via Verde vai gerir o serviço de pagamento de portagens e a relação com os clientes finais.

Neste concurso, as empresas portuguesas da Brisa, foram selecionadas numa short-list de cinco empresas que incluía empresas concorrentes da Alemanha e da França.

A autoestrada A24 na zona de Roterdão será a terceira autoestrada neerlandesa a contar um sistema de portagens eletrónicas.

MC // JNM

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS