United Airlines e passageiro expulso de avião sobrelotado chegam a acordo (vídeo)

A United Airlines conseguiu um acordo extrajudicial com um passageiro que foi expulso à força de um dos seus aviões, a 09 de abril, anunciou a companhia norte-americana. A defesa de David Dao, um médico de 69 anos, tinha ameaçado levar o caso a tribunal.

United Airlines e passageiro expulso de avião sobrelotado chegam a acordo (vídeo)

A United Airlines conseguiu um acordo extrajudicial com um passageiro que foi expulso à força de um dos seus aviões, a 09 de abril, anunciou a companhia norte-americana. A defesa de David Dao, um médico de 69 anos, tinha ameaçado levar o caso a tribunal.

A United Airlines conseguiu um acordo extrajudicial com um passageiro que foi expulso à força de um dos seus aviões. O caso data de 09 de abril.

A United Airlines, em comunicado, refere ter alcançado uma “solução amigável” para encerrar este “infeliz incidente”.

A defesa legal de David Dao, médico de 69 anos, tinha ameaçado levar o caso a tribunal. Garantia que o passageiro tinha sofrido contusão cerebral, rutura nasal e perdido um dos dentes. Tudo enquanto era expulso do avião por faltarem lugares.

A expulsão de David Dao, por terem sido vendidos mais lugares do que os disponíveis no avião, foi filmada por outros passageiros. E teve grande divulgação mas redes sociais e na comunicação social.

Esta situação levou os diretores da United Airlines a desculparem-se publicamente e a alterar os seus regulamentos para casos como este.

“Esperamos concretizar as melhorias que temos anunciado, que põem os nossos clientes no centro de tudo o que fazemos.” A afirmação é do mesmo comunicado, em que não se acrescentam mais pormenores sobre o acordo.

Luís Martins | Impala News com Lusa

Impala Instagram

Mais

RELACIONADOS