A pensar trocar de carro? Vai ficar mais caro já em 2023

Imposto sobre veículos e imposto único de circulação vão ser atualizados à taxa da inflação, o que significa que comprar carro vai ficar mais caro já em 2023.

A pensar trocar de carro? Vai ficar mais caro já em 2023

A pensar trocar de carro? Vai ficar mais caro já em 2023

Imposto sobre veículos e imposto único de circulação vão ser atualizados à taxa da inflação, o que significa que comprar carro vai ficar mais caro já em 2023.

O Orçamento do Estado traz más notícias para aqueles que estavam a pensar trocar de carro no próximo ano. É que irá verificar-se uma atualização no imposto sobre veículos (ISV) e no imposto único de circulação (IUC) à taxa da inflação no próximo ano. Esta medida, com a qual o Governo prevê um encaixa de mais 78 milhões de euros em 2023 face a 2022, significa que comprar carro irá ficar mais caro já em 2023.

Faltam as medidas que os trabalhadores exigem e o país precisa
A CGTP criticou a proposta do Orçamento do Estado para 2023 (OE2023), afirmando que “faltam as medidas que os trabalhadores exigem e o país precisa”, pedindo aumentos de 90 euros e um salário mínimo de 800 euros (… continue a ler aqui)

De acordo com o Executivo, as “taxas gerais do ISV, tal como na generalidade dos IEC [impostos especiais de consumo, inclui o imposto sobre produtos petrolíferos, vulgo ISP, bem como outras taxas sobre bebidas alcoólicas e tabaco], sofrerão atualizações à taxa de inflação prevista”. É referido ainda que “em 2023 a receita [de ISV] cresça comparativamente a 2022 em 21 milhões de euros”. Ou seja, o Governo estima arrecadar um montante de 480 milhões de euros, mais 4,6% face a 2022, em sede de ISV. Ainda assim, o Estado acredita que irá registar com o ISV um “decréscimo de 25%” na despesa fiscal, fixando esse gasto em 590,6 milhões de euros no final de 2023. “Para esta evolução contribuem as diminuições previstas para a despesa fiscal do ISP e IABA, em contrapartida do aumento da despesa fiscal do ISV”, lê-se no documento.

Governo estima arrecadar um montante de 480 milhões de euros, mais 4,6% face a 2022, em sede de ISV

Algo semelhante irá acontecer com o IUC. “À semelhança do que acontece com os IEC ou com o ISV, as taxas de IUC sofrerão atualizações em 2023, pelo que se prevê que a receita de 2023 aumente face a 2022 em 57 milhões de euros”, explica o Governo. Assim, o IUC deverá garantir às contas do Estado 500 milhões de euros no próximo ano, mais 12,9% da receita deste imposto face a 2022. Na direção oposta está a evolução do ISP. O Executivo acredita que o imposto irá gerar menos 7,2%, para 2,6 mil milhões de euros, de receita fiscal para o Estado em 2023 face a 2022.

Texto: Bruno Seruca; Fotos: NetCarShow

Impala Instagram


RELACIONADOS