Tripulantes de cabine da angolana TAAG desconvocam greve — sindicato

Os tripulantes de cabine da transportadora angolana TAAG decidiram desconvocar a greve, com início previsto para hoje, após chegarem a acordo com direção da empresa para as reivindicações serem solucionadas em seis meses, disse fonte sindical.

Tripulantes de cabine da angolana TAAG desconvocam greve -- sindicato

Tripulantes de cabine da angolana TAAG desconvocam greve — sindicato

Os tripulantes de cabine da transportadora angolana TAAG decidiram desconvocar a greve, com início previsto para hoje, após chegarem a acordo com direção da empresa para as reivindicações serem solucionadas em seis meses, disse fonte sindical.

A informação foi transmitida hoje à Lusa pelo porta-voz do Sindicato Provincial do Pessoal Navegante de Cabine (Sinpropnc), Délio Albano, referindo que na sequência da convocação de greve a empresa “reuniu-se de emergência” com os funcionários em busca de consensos.

A greve, com paralisação total, estava inicialmente prevista para os dias 05, 06 e 07 de fevereiro.

A atualização dos valores das horas de voo indexados ao dólar, a manutenção do regime de disponibilidade, tradução dos manuais e “humanização” das escalas de trabalho, melhores condições laborais e regalias sociais constam das reivindicações.

Segundo o sindicalista, a direção da TAAG decidiu responder afirmativamente às reivindicações, sendo que foi definido o prazo de seis meses para resolução das reivindicações, sobretudo a atualização das horas do voo indexadas ao dólar.

“Neste capítulo, sobre a indexação, é que não havia entendimento, mas no final foi aceite. Primeiro as horas de voo serão indexadas em dólar e depois atualizadas em kwanzas”, disse.

Em relação aos manuais de cabine, escritos em língua estrangeira, Délio Albano deu conta que o patronato garantiu contratar uma empresa para os traduzir para língua portuguesa.

No domínio da humanização das escalas de trabalho, o porta-voz do Sinpropnc referiu que as mesmas deverão ser reajustadas à luz dos acordos com a direção da transportadora aérea angolana.

DYAS // VM

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS