Tribunal de Contas aprova alargamento da rede de transportes urbanos de Olhão

O Tribunal de Contas (TdC) aprovou o projeto de alargamento da rede de transportes públicos urbanos de Olhão, cuja concessão foi atribuída à empresa EVA por cinco anos, num valor de 2,2 milhões de euros, anunciou a autarquia.

Tribunal de Contas aprova alargamento da rede de transportes urbanos de Olhão

Tribunal de Contas aprova alargamento da rede de transportes urbanos de Olhão

O Tribunal de Contas (TdC) aprovou o projeto de alargamento da rede de transportes públicos urbanos de Olhão, cuja concessão foi atribuída à empresa EVA por cinco anos, num valor de 2,2 milhões de euros, anunciou a autarquia.

Em comunicado, a Câmara de Olhão, no distrito de Faro, indica que pretende iniciar “com a maior brevidade possível” o contrato assinado no final de março com o operador, para beneficiação da mobilidade da população.

A nova rede contratualizada, aprovada também pela Autoridade da Mobilidade e dos Transportes, é composta por três linhas que vão permitir uma ligação intermodal mais eficiente aos restantes meios de transporte, avança a autarquia.

Assim, adianta, o alargamento da rede de transportes públicos urbanos de passageiros permitirá introduzir “melhorias significativas na qualidade da oferta” dentro da cidade de Olhão e alargá-lo a algumas zonas de Quelfes e de Pechão.

“Com esta melhoria, será possível reduzir o tempo das viagens e melhorar a cobertura do território e dos horários dos serviços, quer dentro da cidade, quer, como previsto no projeto, em algumas zonas em expansão e onde este serviço era, até agora, deficiente”, lê-se Na nota.

A rede intermunicipal de transportes públicos de passageiros abrange a maioria das zonas periféricas da cidade de Olhão, nomeadamente, as freguesias de Pechão, Quelfes, Moncarapacho e Fuseta.

Além do alargamento da rede de transportes públicos urbanos, o sistema de bilhética será também melhorado, ao nível da utilização e carregamento dos passes, sendo “interoperável com o sistema de bilhética das carreiras intermunicipais e municipais”, conclui.

JPC // MAD

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS