Taxa de ofertas de emprego sobe para 3,2% na zona euro no 2.º trimestre

A taxa de ofertas de emprego aumentou, no segundo trimestre, para os 3,2% na zona euro e os 3,0% na União Europeia, divulga hoje o Eurostat.

Taxa de ofertas de emprego sobe para 3,2% na zona euro no 2.º trimestre

Taxa de ofertas de emprego sobe para 3,2% na zona euro no 2.º trimestre

A taxa de ofertas de emprego aumentou, no segundo trimestre, para os 3,2% na zona euro e os 3,0% na União Europeia, divulga hoje o Eurostat.

Na zona euro, os 3,2% de taxa de ofertas de emprego comparam-se com os 3,1% do período anterior e os 2,3% do segundo trimestre de 2021.

Na UE, a taxa de ofertas de emprego avançou, entre abril e junho, para os 3,0%, face aos 2,9% do trimestre anterior e aos 2,2% do homólogo.

O serviço estatístico europeu indica ainda que, na comparação com o quarto trimestre de 2019 (antes da pandemia da covid-19) o indicador acelerou 1,0 ponto percentual (pp) na zona euro e 0,9 pp na UE.

Os Países Baixos (5,1%), a Bélgica (5,0%) e a República Checa (4,9%) registaram as mais altas taxas de ofertas de emprego, com a Bulgária, Espanha e Roménia (1,9% cada), seguidas da Eslováquia (1,0%) a apresentarem as mais baixas.

Em Portugal, a taxa de ofertas de emprego fixou-se nos 1,4%, face aos 1,0% do trimestre homólogo e aos 1,3% dos primeiros três meses do ano.

Na comparação homóloga, o indicador manteve-se estável em três Estados-membros e avançou nos outros 24.

IG // MSF

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS