Sindicato diz que Antram não quis evitar possível greve dos motoristas “por 50 euros”

O advogado do Sindicato Nacional dos Motoristas de Matérias Perigosas disse hoje à saída de uma reunião com o Governo que a Antram “não quis evitar uma possível greve por 50 euros”.

Sindicato diz que Antram não quis evitar possível greve dos motoristas

Sindicato diz que Antram não quis evitar possível greve dos motoristas “por 50 euros”

O advogado do Sindicato Nacional dos Motoristas de Matérias Perigosas disse hoje à saída de uma reunião com o Governo que a Antram “não quis evitar uma possível greve por 50 euros”.

Lisboa, 20 ago 2019 (Lusa) – O advogado do Sindicato Nacional dos Motoristas de Matérias Perigosas (SNMMP), Pedro Pardal Henriques, disse hoje à saída de uma reunião com o Governo que a Antram “não quis evitar uma possível greve por 50 euros”.

“A Antram não quis evitar estas novas formas de luta ou uma possível greve por 50 euros”, afirmou o representante do SNMMP à saída de uma reunião com o Governo, no Ministério das Infraestruturas e Habitação, em Lisboa.

Pedro Pardal Henriques defendeu que o SNMMP quis assegurar que um possível processo de mediação não começaria sem “dois pedidos essenciais”, que fossem valorizados os trabalhadores e que recebessem pelo trabalho que fazem.

O representante do sindicato remeteu para quarta-feira o anúncio de eventuais novas formas de luta por parte dos trabalhadores.

JE/PE // SR

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS