Senado e Câmara de Deputados do Brasil debatem agronegócio em Lisboa nos 25 anos da CPLP

O Senado e a Câmara dos Deputados brasileiros realizam a partir de hoje, em Lisboa, um seminário internacional que assinala os 25 anos da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) e coloca em debate o Agronegócio Sustentável no Brasil.

Senado e Câmara de Deputados do Brasil debatem agronegócio em Lisboa nos 25 anos da CPLP

Senado e Câmara de Deputados do Brasil debatem agronegócio em Lisboa nos 25 anos da CPLP

O Senado e a Câmara dos Deputados brasileiros realizam a partir de hoje, em Lisboa, um seminário internacional que assinala os 25 anos da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) e coloca em debate o Agronegócio Sustentável no Brasil.

Este seminário, de dois dias, ocorre no contexto do IX Fórum Jurídico de Lisboa, que todos os anos reúne autoridades brasileiras e portuguesas para a discussão de temas de interesse comum.

Hoje o dia é dedicado à Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) com o tema “25 anos de CPLP — Jornada Agostinho da Silva”.

Ao final do dia, será lançada a publicação “Panorama da contribuição do Brasil para a difusão do português”, com as contribuições de escritores, artistas e intelectuais sobre a importância da cultura brasileira na sua formação como artífices da produção literária em língua portuguesa.

Já no dia 12, o debate será centrado no “Agronegócio Sustentável no Brasil” e no potencial agroambiental da agricultura brasileira.

Paralelamente ao seminário, decorre a exposição sobre a Economia Criativa da Amazónia com manifestações artísticas, culturais e gastronómicas daquela região do Brasil.

Organizado pelas comissões de Relações Exteriores e Defesa Nacional (CRE) do Senado Federal e da Câmara de Deputados do Brasil, o seminário conta, entre outras, com as intervenções dos Presidentes destes dois órgãos, mas também do senador Rodrigo Pacheco, presidente do Senado Federal e do Congresso Nacional do Brasil e do deputado Arthur Lira, presidente da Câmara dos Deputados do Brasil.

No encontro participam também outros responsáveis de entidades brasileiras e internacionais, como o embaixador Augusto Pestana, presidente da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos – APEX-Brasil, Celso Moretti, presidente da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária – Embrapa, ou Maximo Torero, economista chefe da Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO).

O setor financeiro também marca presença no evento com as intervenções de Marcos Troyjo, presidente do Novo Banco de Desenvolvimento – NBD (Banco do BRICS) e Roberto Campos Neto, presidente do Banco Central do Brasil.

No seminário também participam representantes de associações e confederações setoriais brasileiras.

Hoje, dia dedicado aos 25 anos da criação da CPLP, da qual o Brasil é Estado-membro, o evento conta com a presença do secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros e da Cooperação de Portugal, Francisco André, e com uma mensagem do atual secretário-geral da ONU, António Guterres, primeiro-ministro português quando a organização foi criada, refere-se na nota de agenda do evento.

Estão previstas intervenções, entre outras, do presidente da Câmara dos Deputados do Brasil, deputado Arthur Lira, do ministro do Supremo Tribunal Federal, Gilmar Ferreira Mendes, e do presidente da Assembleia Nacional Popular da Guiné-Bissau e da Assembleia Parlamentar da CPLP, Cipriano Cassamá.

o secretário-executivo da CPLP, Zacarias da Costa, o embaixador de Angola junto da CPLP, Oliveira Encoge, o diretor executivo do Instituto Internacional da Língua Portuguesa (IILP), Incanha Intumbo, e o presidente do Camões – Instituto da Cooperação e da Língua, João Ribeiro de Almeida, e o presidente da Academia Brasileira de Letras, Marco Lucchesi, também participam no seminário de hoje.

O convidado especial é José Fernando Aparecido de Oliveira, filho de José Aparecido de Oliveira, um dos fundadores da CPLP, que fará a entrega da placa de honra de mérito pelos 25 anos da organização.

No fim do dia, será lançada a publicação “Panorama da contribuição do Brasil para a difusão do português”, com contribuições de escritores, artistas e intelectuais sobre a importância da cultura brasileira na sua formação “como artífices da produção literária em língua portuguesa”.

Para hoje e sexta-feira estão convocadas manifestações do movimento #ForaBolsonaro, que contesta o Presidente brasileiro.

“Arthur Lira, presidente da Câmara dos Deputados e cúmplice de Bolsonaro que engavetou centenas de pedidos de impeachment, estará em Portugal nos dias 11 e 12 de novembro para duas reuniões. Virá com uma comitiva que inclui o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco. Diversas organizações vão realizar protestos na frente do Hotel Epic Sana Lisboa nas duas datas, denunciando o genocídio do povo brasileiro e a destruição causada por [Jair] Bolsonaro”, afirma o comunicado, assinado pelo núcleo do Partido dos Trabalhadores em Portugal.

ATR // JH

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS