REN reduz dividendo para 15,4 cêntimos por ação nos próximos anos

A REN vai rever a política de dividendos, reduzindo a remuneração dos 17,1 cêntimos por ação praticada desde 2013, para 15,4 cêntimos por ação, “para gerir o risco e eliminar a incerteza”, foi hoje comunicado ao mercado.

REN reduz dividendo para 15,4 cêntimos por ação nos próximos anos

REN reduz dividendo para 15,4 cêntimos por ação nos próximos anos

A REN vai rever a política de dividendos, reduzindo a remuneração dos 17,1 cêntimos por ação praticada desde 2013, para 15,4 cêntimos por ação, “para gerir o risco e eliminar a incerteza”, foi hoje comunicado ao mercado.

Na apresentação do plano estratégico 2021-24, a empresa liderada por Rodrigo Costa explica que “o peso da CESE [contribuição extraordinária sobre o setor energético] nos resultados da REN, que desde 2020 se aplica também à Portgás, levou a empresa a redesenhar a sua política de dividendos de forma a continuar a providenciar aos seus acionistas um retorno previsível, atrativo e sustentável”.

O administrador financeiro da REN, Gonlaço Morais Soares, afirmou que a administração decidiu alterar a política de dividendos, reduzindo em 10% o montante que tem vindo a ser pago, devido à pressão causada pela CESE, e implementar uma política de dividendo bi-anual.

Gonçalo Morais Soares considerou que o dividendo da REN continua a ser “atrativo”.

A REN tem como acionista maioritário a State Grid of China, com 25% do capital social, desde a privatização de 2012, seguida pela Oman Oil (12%), a Lazard Asset Management (7%), a Fidelidade (5,3%) e a Red Elétrica Internacional (5,0%).

JNM // MSF

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS