Recuperação do turismo na zona euro está a abrandar

O Banco Central Europeu observa que a recuperação do turismo está a abrandar devido à subida acentuada dos preços, especialmente devido ao aumento dos custos energéticos.

Recuperação do turismo na zona euro está a abrandar

Recuperação do turismo na zona euro está a abrandar

O Banco Central Europeu observa que a recuperação do turismo está a abrandar devido à subida acentuada dos preços, especialmente devido ao aumento dos custos energéticos.

“A forte dinâmica do turismo e do setor do lazer verificada na primavera e no verão começou a enfraquecer”, dizem os economistas do BCE Tobias Schuler, Hannah-Maria Hildenbrand e Martina di Sano num artigo no boletim económico publicado hoje.

As reservas tendem a mostrar os preços no setor do turismo e lazer com um a dois meses de antecedência.

“À medida que o setor do turismo e lazer se foi abrindo gradualmente na zona euro depois de cada vaga da pandemia da covid-19, as pressões dos custos dos fatores de produção e a recuperação excecionalmente forte da procura” para estes serviços dispararam os preços da oferta.

A energia é o principal fator para este aumento dos preços no setor.

Os economistas do BCE esperam que a procura de serviços de turismo e lazer enfraqueça nos próximos meses à medida que o ‘boom’ na procura de viagens diminui, os rendimentos reais diminuem, a incerteza aumenta e os preços são mais elevados.

Os indicadores utilizados pelos economistas do BCE atingiram o pico em maio e desde então têm caído de acordo com as expectativas de menor procura por parte dos agentes de viagens.

É portanto possível que os preços no setor do turismo se estabilizem gradualmente num nível elevado.

MC // JNM

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS