Reclamações contra o IMT disparam 179% até setembro

As reclamações contra o Instituto da Mobilidade e dos Transportes disparou 179% nos primeiros nove meses deste ano, para quase 4.000 reclamações, face a igual período do ano anterior, anunciou hoje o Portal da Queixa.

Reclamações contra o IMT disparam 179% até setembro

Reclamações contra o IMT disparam 179% até setembro

As reclamações contra o Instituto da Mobilidade e dos Transportes disparou 179% nos primeiros nove meses deste ano, para quase 4.000 reclamações, face a igual período do ano anterior, anunciou hoje o Portal da Queixa.

As reclamações contra o Instituto da Mobilidade e dos Transportes disparou 179% nos primeiros nove meses deste ano, para quase 4.000 reclamações, face a igual período do ano anterior, anunciou hoje o Portal da Queixa. O total de reclamações contra o IMT passou de 1354 até setembro do ano passado para 3776 nos primeiros nove meses deste ano, refere o Portal da Queixa em comunicado. A análise permite constatar ainda que, ao longo deste ano, o número de queixas mensal apresentado no Portal da Queixa contra aquele organismo evolui de forma crescente, exceto no mês de julho.

LEIA DEPOIS
Conheça os maiores perigos associados à erupção de um vulcão

Problemas relacionados com veículos pesam 12% nas queixas

Só em setembro, os consumidores apresentaram 577 queixas contra o IMT, lê-se no comunicado. As dificuldades com a obtenção da carta de condução – troca de título de condução estrangeiro, renovação, emissão e envio -, correspondem à maioria das reclamações reportadas nesta rede social de consumidores em Portugal (62%). De salientar ainda que, destes 62%, 47% das queixas referem-se, exclusivamente, a problemas relacionados com a troca de título de condução estrangeiro.

Os problemas relacionados com veículos (homologações, matrículas, livretes, documentação, inspeções), por seu lado, pesam 12% no total das queixas apresentadas este ano. Motivo de reclamação foi também a falta de qualidade dos serviços de atendimento e do funcionamento do portal do IMT, entre outros problemas, a pesar 4% nas reclamações deste ano. A dificuldade na marcação de exames de avaliação, por seu lado, foi outro problema apontado pelos condutores (2% das queixas). O Portal da Queixa é visitado por mais de 4 milhões de consumidores por mês e recebe uma média mensal de 15.000 reclamações, tendo mais de 700.000 utilizadores registados, além de 9.000 marcas estarem presentes na plataforma online.

LEIA AINDA
Professor de Bioética diz que dadores de sangue podem transmitir gene homossexual

 

Impala Instagram


RELACIONADOS