Receitas operacionais do Wynn Resorts em Macau diminuem 1,6% em 2019

O operador de jogo Wynn Resorts anunciou uma diminuição de 1,6% nas receitas operacionais em 2019 em comparação com o ano anterior.

Receitas operacionais do Wynn Resorts em Macau diminuem 1,6% em 2019

Receitas operacionais do Wynn Resorts em Macau diminuem 1,6% em 2019

O operador de jogo Wynn Resorts anunciou uma diminuição de 1,6% nas receitas operacionais em 2019 em comparação com o ano anterior.

“As receitas operacionais diminuíram 106,6 milhões de dólares (cerca de 97 milhões de euros), fixando-se em 6,61 mil milhões de dólares (cerca de seis mil milhões de euros)”, de acordo com um comunicado divulgado na quinta-feira.

Em 2019, os dois casinos em Macau tiveram uma diminuição das receitas operacionais em 438,4 milhões de dólares (cerca de 399,2 milhões de euros), acrescentou.

O Wynn Palace, na faixa de casinos do Cotai (entre Taipa e Coloane), registou uma diminuição de 213,9 milhões de dólares (cerca de 195 milhões de euros) e as receitas operacionais do Wynn Macau encolheram 224,5 milhões de dólares (cerca de 204,4 milhões de euros).

Em comunicado, o grupo norte-americano indicou que, no quarto trimestre do ano passado, registou receitas operacionais de 1,65 mil milhões de dólares (1,5 mil milhões de euros), uma queda de 2% comparativamente aos últimos três meses de 2018.

No quarto trimestre de 2019, as receitas operacionais do Wynn Palace foram de 590 milhões de dólares (537 milhões de euros), uma redução de 20,3% em relação ao período homólogo de 2018.

No mesmo período, o EBITDA (lucros antes de impostos, amortizações e depreciações) ajustado diminuiu 21,6%, para 740,6 milhões de dólares (cerca de 674 milhões de euros).

Já no Wynn Macau, as receitas operacionais foram de 525,4 milhões de dólares (cerca de 478 milhões de euros) no quarto trimestre de 2019, uma redução homóloga de 5,1%.

Já o EBITDA aumentou 1,5% para 170,1 milhões de dólares (cerca de 155 milhões de euros).

Capital mundial do jogo, Macau é o único local na China onde o jogo em casino é legal. Operam no território seis concessionárias: Sociedade de Jogos de Macau, fundada pelo magnata Stanley Ho, Galaxy, Venetian (Sands China), Melco Resorts, Wynn e MGM.

Os casinos fecharam 2019 com receitas de 292,46 milhões de patacas (cerca de 32,43 milhões de euros), menos 3,4% do que no ano anterior.

MIM // EJ

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS