Receitas do jogo em Macau sobem 0,6% em setembro para 2,5 mil milhões de euros

Os casinos de Macau fecharam setembro com receitas brutas de 22,08 mil milhões de patacas (2,5 mil milhões de euros), mais 0,6% do que em igual período do ano passado, anunciaram hoje as autoridades.

Receitas do jogo em Macau sobem 0,6% em setembro para 2,5 mil milhões de euros

Receitas do jogo em Macau sobem 0,6% em setembro para 2,5 mil milhões de euros

Os casinos de Macau fecharam setembro com receitas brutas de 22,08 mil milhões de patacas (2,5 mil milhões de euros), mais 0,6% do que em igual período do ano passado, anunciaram hoje as autoridades.

Depois de dois meses consecutivos em queda, as receitas provenientes do jogo recuperaram algum fôlego em setembro, comparativamente a igual período de 2018, de acordo com a Direção de Inspeção e Coordenação de Jogos (DICJ).

Em setembro do ano passado, as receitas brutas foram de 21,9 mil milhões de patacas (cerca de 2,4 mil milhões de euros).

Segundo a DICJ, as receitas brutas acumuladas desde o início do ano registaram uma descida de 1,7% relativamente a 2018.

Entre janeiro e setembro, as receitas brutas foram de 220,3 mil milhões de patacas (cerca de 25,1 mil milhões de euros), segundo os dados publicados na página ‘online’ da DICJ.

No mesmo período de 2018, as receitas brutas acumuladas foram de 224,1 mil milhões de patacas (cerca de 26 mil milhões de euros).

No território, único local da China onde o jogo em casino é legal, operam seis concessionárias e subconcessionárias: Sociedade de Jogos de Macau, fundada pelo magnata Stanley Ho, Galaxy, Venetian, Melco Resorts, Wynn e MGM.

Em 2018, as receitas dos casinos na capital mundial do jogo cresceram 14%, para 302,8 mil milhões de patacas (cerca de 33 mil milhões de euros).

FST // EJ

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS