Receitas da MGM em Macau sobem 23% no primeiro trimestre

A operadora de jogo MGM apresentou receitas de 2,8 mil milhões de euros, no primeiro trimestre, um aumento de 13% face ao período homólogo de 2018, com as receitas de Macau a aumentarem 23%.

Receitas da MGM em Macau sobem 23% no primeiro trimestre

Receitas da MGM em Macau sobem 23% no primeiro trimestre

A operadora de jogo MGM apresentou receitas de 2,8 mil milhões de euros, no primeiro trimestre, um aumento de 13% face ao período homólogo de 2018, com as receitas de Macau a aumentarem 23%.

Macau, China, 30 abr 2019 (Lusa) – A operadora de jogo MGM Resorts apresentou receitas de 3,2 mil milhões de dólares (2,8 mil milhões de euros), no primeiro trimestre, um aumento de 13% face ao período homólogo de 2018, com as receitas de Macau a aumentarem 23%.

De acordo com o comunicado apresentado na segunda-feira pela operadora norte-americana, as receitas em Macau no primeiro trimestre foram de 734 milhões de dólares (658 milhões de euros).

O aumento das receitas homólogas do grupo em Macau, entre janeiro e março, tem grande parte que ver com a abertura do hotel-casino MGM Cotai em 13 de fevereiro de 2018: este ‘resort’ integrado registou receitas no valor de 301 milhões de dólares, quando no mesmo período do ano passado tinha apresentado 85 milhões de dólares.

A MGM China, nome da sucursal do grupo norte-americano em Macau, registou um EBITDA (resultados antes de impostos, juros, depreciações e amortizações) ajustado foi de 191 milhões de dólares, mais 26% que no mesmo período do ano passado.

Em comunicado, a MGM China anunciou ter obtido mais 18% em receita bruta de jogo e que os seus dois casinos em Macau representam 9,4% da cota total do mercado do jogo no território que é a capital mundial dos casinos e o único local na China onde o jogo é permitido.

A operadora enfatizou para a importância destes resultados no segmento do jogo, já que as receitas globais do jogo em Macau registaram uma diminuição de 0,5% no primeiro trimestre do ano, em relação a igual período de 2018

A MGM China apontou ainda ter crescido em todos os segmentos de jogos, tanto no jogo de massas como nas receitas angariadas nas salas de grandes apostas (jogo vip), mais 3%, ao contrário da tendência que se tem verificado no mercado global no território, que no primeiro trimestre do ano viu as receitas do jogo VIP caírem 13,4%.

Em meados de março, a operadora MGM viu o seu contrato de subconcessão prolongado até 2022 pelo Governo de Macau.

Tanto o contrato de subconcessão da MGM e o contrato de concessão da Sociedade de Jogos de Macau (SJM), fundada pelo magnata Stanley Ho, terminavam em março de 2020, contudo as autoridades do território decidiram igualar o prazo com restantes operadoras.

“Juntamente com o crescimento dos nossos negócios, estamos muito satisfeitos em ver a nossa subconcessão de jogos estendida. Estamos gratos pelo apoio do Governo de Macau e continuamos comprometidos com a evolução contínua da região”, apontou o presidente executivo e diretor executivo da MGM China, Grant Bowie, citado na nota.

MIM // MIM

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS