Receita fiscal com quebra homóloga de 1.057 ME até março

Receita fiscal caiu 1.057 ME até março, recuando 10,1% face ao mesmo período de 2020, segundo a Direção-Geral do Orçamento, sendo este o 3.º mês consecutivo com quebra homóloga a 2 dígitos.

Receita fiscal com quebra homóloga de 1.057 ME até março

Receita fiscal com quebra homóloga de 1.057 ME até março

Receita fiscal caiu 1.057 ME até março, recuando 10,1% face ao mesmo período de 2020, segundo a Direção-Geral do Orçamento, sendo este o 3.º mês consecutivo com quebra homóloga a 2 dígitos.

Lisboa, 26 abr 2021 (Lusa) — A receita fiscal caiu 1.057 milhões de euros até março, recuando 10,1% face ao mesmo período de 2020, segundo a Direção-Geral do Orçamento, sendo este o terceiro mês consecutivo com uma quebra homóloga a dois dígitos.

“No que diz respeito à receita fiscal líquida do subsetor Estado acumulada até março de 2021, regista-se uma redução significativa, de 1.057,1 milhões de euros (-10,1%), face ao primeiro trimestre de 2020”, refere a Síntese da Execução Orçamental da Direção-Geral do Orçamento, hoje divulgada.

A justificar a quebra da receita fiscal está o comportamento da generalidade dos impostos indiretos e também dos diretos, com o IRS a apresentar a única variação homóloga positiva (0,7%).

O valor arrecadado pelo Estado ascendeu aos 9.411,7 milhões de euros até março.

LT // MSF

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS